Translate this blog

Pesquisar este blog

2.03.2017

Professor santista lança livro sobre competitividade no turismo paulista

Obra que chaga às livrarias neste mês trata da importância da ação consorciada entre os atores do setor de viagens e turismo na gestão do destino “Costa da Mata Atlântica”.

A ação governamental pode dinamizar o turismo regional. A partir dessa premissa, Aristides Faria, professor do Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Turismo do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo  (Câmpus Cubatão), desenvolveu um estudo de casos múltiplos sobre as relações de hospitalidade e hostilidade existentes entre o poder público e seus stakeholders no setor de viagens e turismo em nível local e regional.

Os municípios analisados foram CubatãoItanhaém Santos, todos no litoral paulista. Um dos motivos que levaram o autor a trabalhar com estas cidades foi a “complementaridade” que cada uma representa no contexto do destino “Costa da Mata Atlântica” – denominação turística da Região Metropolitana da Baixada Santista.

Este estudo revelou vícios persistentes na administração pública, falta de políticas públicas de fomento para o setor e inanição dos Conselhos Municipais de Turismo. Por outro lado, a pesquisa identificou relevantes oportunidades de negócios e amplo mercado de trabalho para profissionais e empreendedores especialistas no setor.

..:: Sobre a obra ::..

O livro intitulado “Competitividade no setor de viagens e turismo” (Editora Scortecci) se desenrola a partir dos conceitos de Hospitalidade, Serviços, Competitividade, Stakeholders e Turismo. A experiência profissional do autor à frente da [RH em Hospitalidade] (www.rhemhospitalidade.com) enriquece o estudo e dá consistência às conclusões apresentadas no livro.

Cabe citar duas ações que foram essenciais para a fundamentação das reflexões propostas: Seminário de Hospitalidade do Litoral Paulista (SEHLIPA) e Agenda Propositiva do Turismo da Baixada Santista.

A primeira é um evento científico, anual e itinerante, que reúne empresários, profissionais e autoridades do setor de turismo no estado de São Paulo. O segundo é um projeto autônomo e apartidário que promove o diálogo entre os diversos atores do trade turístico e a realização de visitas técnicas a atrativos turísticos para incentivar o ingresso do tema “gestão do turismo” na Agenda das prefeituras locais no litoral paulista.

..:: Sobre o autor ::..

Aristides Faria, é graduado em Turismo (Unisul, 2000-2002), Especialista em Gestão de Recursos Humanos (UFSC, 2003), possui MBA em Gestão de Projetos (Unisantos, 2011) e é Mestre em Hospitalidade pela Universidade Anhembi Morumbi (2013-2015). Atualmente cursa Doutorado no mesmo Programa.


É professor em regime de dedicação exclusiva do Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Turismo do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (Câmpus Cubatão).
Postar um comentário