Translate this blog

Pesquisar este blog

1.26.2010

Portugal Digital - Enotel estuda investimento de R$ 210 milhões no Ceará

"A rede hoteleira portuguesa Enotel, com sede na Ilha da Madeira, está a estudar um novo investimento no Brasil. O presidente da Enotel, Estêvão Neves, admitiu no último fim-de-semana que o grupo poderá construir uma nova unidade com 500 quartos no estado do Ceará, com um investimento de R$ 210 milhões.

A decisão, indicou o presidente da Enotel, citado pelo 'Diário do Nordeste', depende de infraestrutura pronta para receber o empreendimento, como energia, saneamento, água, acesso, além de condições para o desenvolvimento de serviços no entorno, como taxistas e comércio. O objetivo do grupo luso é poder inaugurar a nova unidade em 2014.

A intenção foi revelada durante a visita do governador do Ceará, Cid Gomes, às obras do Cumbuco Golf Resort, empreendimento que a cadeia Vila Galé, também portuguesa, está a promover no Estado. Instalado a 41 quilómetros de Fortaleza, o 'resort' do grupo Vila Galé corresponde a um investimento inicial de R$ 110 milhões.

Com três hotéis na Madeira e dois no Brasil, em Porto de Galinhas, o grupo Enotel é um dos investidores portugueses de referência no mercado turístico brasileiro. Cadeias consolidadas em Portugal como o grupo Pestana e a Vila Galé já investem há vários anos no Brasil."

..:: Matéria completa: Portugal Digital - Enotel estuda investimento de R$ 210 milhões no Ceará

Mensagem para reflexão! Reveja seus conceitos!

..:: Tolo? ::..

Conta-se que numa pequena cidade do interior um grupo de pessoas se divertia com o idiota da aldeia... Um pobre coitado de pouca inteligência, que vivia de pequenos biscates e esmolas.

Diariamente eles chamavam o bobo ao bar onde se reuniam e ofereciam a ele a escolha entre duas moedas - uma grande de 400 réis e outra menor, de dois mil réis. Ele sempre escolhia a maior e menos valiosa, o que era motivo de risos para todos.

Certo dia, um dos membros do grupo chamou-o e lhe perguntou se ainda não havia percebido que a moeda maior valia menos.

- "Eu sei". Respondeu o - não tão - tolo.

- "Ela vale cinco vezes menos, mas no dia que eu escolher a outra, a brincadeira acaba e não vou mais ganhar minha moeda".



DVDs - Submarino.com.br

1.25.2010

CBCVB assina acordo inédito com OMT

A Confederação Brasileira de Convention & Visitors BureauxCBCVB e a Organização Mundial do TurismoOMT assinaram na última quinta-feira, dia 21, um acordo inédito de cooperação técnica voltado para a troca de experiências e conhecimento entre as organizações. Com o apoio do Ministério do Turismo, o acordo conta com a assistência da CBCVB aos Membros Afiliados da Organização na execução de seus projetos, programas e ações.
“Esta é uma oportunidade única para que a CBCVB, junto com a OMT, expandam tanto qualitativamente como quantitativamente e desenvolvam um trabalho estratégico de aproximação entre seus membros. Nosso intuito é, conjuntamente, abrir canais de desenvolvimento e participação entre os países” explicou o presidente da Confederação, João Luiz dos Santos Moreira.
Com o acordo, a Confederação disponibilizará, por um ano, um de seus consultores de Projetos Internacionais para atuar dentro da OMT. O cargo será ocupado pelo consultor Rodrigo Godinho Corrêa, que nos últimos anos vem representando a entidade nos grupos de trabalho e conselhos na Organização, como no Comitê de Reativação do Turismo, grupo responsável pela elaboração do “Roadmap for Recovery” e no processo de eleição da CBCVB a uma das vice-presidências dos Membros Afiliados.

A cerimônia de assinatura do acordo (foto) aconteceu durante a Feira Internacional de Turismo, em Madri, entre o secretário geral da OMT, Taleb Rifai e o presidente da CBCVB. Durante o acordo, estavam presentes: Márcio Favilla, diretor-executivo da OMT; Paulo Boechat, vice-presidente da Confederação; Javier Blanco, diretor-executivo dos Membros Afiliados da OMT; Carlos Vogeler, representante para as Américas; José Francisco Salles, Diretor do Ministério do Turismo; Ney Leal, diretor de marketing da Brasiliatur; Luiz Fernando Moraes, secretário de Turismo de Porto Alegre; Felipe Gonzalez, secretário de Turismo de Foz do Iguaçu; Guilherme Tellaurino, diretor do Complexo Turístico Itaipu. Dentre os representantes dos Membros Afiliados Brasileiros estavam: Norton Lenhart, presidente da FNHRBS; e Mônica Boróbia, diretora da Associação de Hotéis do Roteiros de Charme.

..:: Fonte: Assessoria de Comunicação da CBCVB, Vanessa Simas, via e-mail

Generation Y believes in hard work to get ahead

Posted by: Sharalyn Hartwell - Examiner.Com

Despite being frequently stereotyped as spoiled and possessing a sense of entitlement, the majority of Millennials believe it takes hard work to get ahead, according to University of California, Berkeley survey results published in The Baby Boom Americans Born 1946 to 1964.

As a whole, two-thirds of Americans believe hard work, rather than luck, gets you ahead in life and business. But, even more Millennials than Boomers believe in hard work, rather than luck, 70 percent versus 63 percent. Similarly, 71 percent of Gen X believes in hard work to get ahead.

This information certainly does not correlate with the recognized attributes of Generation Y, known as the Trophy Generation for growing up on sports teams where everyone got a trophy, win or lose. Instead, this statistic implies Generation Y maybe learned a thing or two from their hard-working Boomer parents. They are ready to dig in and roll up their sleeves as necessary.

Bottom line, more Gen Y’ers than you may think are ready and more than willing to work hard to get where they want to be. There ultimately is not that big of a difference in fundamental work ethic and value of work between Generation Y and Boomer (or between Millennials and X’ers for that matter). Gen Y just tends to be more selective in what capacities they expend hard work.

The real difference is the end result. The Gen Y view of the American dream is not necessarily the typical Boomer aspirations of a big house with a white picket fence and climbing the corporate ladder. Rather, Generation Y’s definition of success is more of working hard while maintaining a favorable work-life balance (i.e. work hard AND play hard).

..:: Note: A big thank you to Kathy Mills of Factix Research for passing along statistical information.

Incubadoras dão impulso à inovação no interior de SP

Por: Virgínia Silveira - Valor On-line!

"Um dispositivo eletrônico que mede a vazão do medicamento em gotas por minuto ou mililitro (ml) por hora, sem a necessidade de intervenção de um profissional da área de saúde, com a vantagem de ser mais preciso e mais rápido. Foguetes de sondagem de 1,5 metro e dez quilos, que atingem até dez quilômetros de altitude, a uma velocidade supersônica; uma máquina industrial inédita para fazer material composto aeronáutico de baixo custo e o primeiro quadrirotor brasileiro de voo pairado, para registro de imagens e captação de informações via aérea.
O que todos esses produtos têm em comum? A resposta é que são exemplos de projetos de alta tecnologia, desenvolvidos por algumas das 51 empresas instaladas em quatro incubadoras de São José dos Campos, voltadas para os setores de energia, aeroespacial, tecnologia da informação, saúde e biociência. Além da capital paulista, São José dos Campos é hoje a cidade do Estado com maior número de incubadoras de tecnologia: a Incubaero, Revap/Univap, instalada dentro da Refinaria da Petrobras, Incubadora de Negócios e Incubadora da Univap (Universidade do Vale do Paraíba).
Há dois anos na Incubadora de Negócios do Parque Tecnológico, a Dumont já está montando uma rede nacional de representantes e distribuidores e planeja vender pelo menos mil unidades este ano do E3, uma mesa ergonômica especializada, para pessoas com necessidades especiais. 'Temos uma previsão de faturar R$ 2 milhões com este equipamento em 2010', disse a diretora científica da empresa, Michele Jimenez Benjamin."

..:: Matéria completa: Incubadoras dão impulso à inovação no interior de SP



Informática - Submarino.com.br

Nova onda de consolidação no ensino superior começa em 2010

Por: Beth Koike e Paola de Moura - Valor On-line!

"Escala, gestão e qualidade no ensino. A combinação desses fatores tem levado instituições ao sucesso ou a sérias crises no concorrido mercado privado de ensino superior, que começa o ano aquecido. O setor pode movimentar neste ano cerca de R$ 2 bilhões em fusões e aquisições, segundo a consultoria Hoper.

Nos últimos anos, o setor de ensino superior privado mudou completamente de perfil. Até o final da década de 90, havia poucos grupos - a legislação não permitia a atuação de instituições de ensino superior com fins lucrativos. Hoje, há cerca de 2,3 mil faculdades particulares - número equivalente ao dobro de 10 anos atrás. Na Grande Florianópolis, por exemplo, havia apenas quatro faculdades em 1998. Hoje são 40.

A expansão acelerada, alimentada por aquisições, dividiu o mercado, a grosso modo, em dois: os grandes grupos, cuja estratégia é crescer comprando concorrentes, e as universidades e pequenas faculdades, que enfrentam sérias dificuldades financeiras.

Um conjunto de fatores explica esse quadro: a concorrência acirrada jogou os preços das mensalidades para baixo; a inadimplência por parte dos alunos aumentou; o endividamento das instituições com bancos e o Fisco cresceu; a superoferta de faculdades fez cair a demanda; a adoção do ensino a distância reduziu o faturamento; e, em vários casos, a gestão não profissionalizada e a falta de rigor no controle dos gastos pioraram a situação."

..:: Matéria completa: Nova onda de consolidação no ensino superior começa em 2010

1.24.2010

Ao Chopp do Gonzaga abre as portas em reinauguração

Prezados amigos leitores,

Compartilho com todos uma dica de boa gastronomia e lazer no coração da cidade de Santos, o bairro do Gonzaga. Trata-se da ampliação das instalações da churrascaria Ao Chopp do Gonzaga.

A inauguração acontecerá no dia 28 de Janeiro próximo, funcionando igual a casa antiga, no mesmo horário. A partir de agora serão 14 mesas para servir melhor aos clientes que sempre exigiram mais espaço do nosso restaurante.

No início, tudo será servido de acordo com o cardápio tradicional, mas em um futuro breve serão adicionados ao cardápio caipirinhas, bebidas, mais um chope premium, além de novas carnes na casa.

"Muito mais que uma casa comercial, a churrascaria Ao Chopp do Gonzaga faz parte da história da cidade de Santos. Inaugurado em 8 de Janeiro de 1962 por Venerando Rodrigues Quinhones e Belmiro Martins dos Santos, o restaurante se tornou ponto de referência na gastronomia do litoral paulista, e em até alguns pontos do estado de São Paulo.

Há mais de quarenta anos com seu característico balcão e seus dezessete lugares, o Ao Chopp do Gonzaga virou tradição quando o assunto é churrasco. Destaque em diversos jornais ( A Tribuna e o Estado de São Paulo ) e revistas de viagens, o Ao Chopp do Gonzaga foi pioneiro em inserir o churrasco na cultura praiana com sucesso".

..:: Serviços ::..

Endereço: Av. Ana Costa, 512. Santos, Gonzaga.
Fone: (13) 3284-8940

..:: Cadastre-se no site ::..

Ao Chopp do Gonzaga

Meus parabéns, pessoal!

Um forte abraço!
Sucesso sempre,
Aristides Faria

1.22.2010

Ricardo Shimosakai faz site inspection em Santos e São Vicente

Caros amigos e parceiros,

Gostaria de compartilhar com os amigos leitores e demais colegas a minha satisfação em ter recebido e acompanhado o Ricardo Shimosakai a uma inspeção sobre acessibilidade aqui em nossas queridas cidades de Santos e São Vicente, no litoral de São Paulo.

Foram dois dias bastante intensos de visitas e de cumprimento de um roteiro de visitas técnicas a atrativos turísticos, espaços públicos e também a empresas da região.

O primeiro dia, sábado, começou com uma visita ao Mendes Hotéis. Foram inspecionadas UH’s tanto da torre Plaza como da Panorama. Fomos acompanhados pela simpática Daniela, que atua na área comercial da Rede.

Seguimos à tarde para o mirante Niemeyer, em São Vicente, cidade limítrofe a Santos. A paisagem da orla é fascinante e permite uma visão belíssima da Baía de Santos, da Ilha da Santo Amaro, aonde localiza-se o município do Guarujá, e também da vizinha Praia Grande. O mirante é contemplado com uma vaga reservada logo em sua entrada e conta com passagens amplas e rampas de acesso.

Na sequência partimos para o Centro Histórico de Santos, onde passeamos no bondinho. Existe um carro de reboque que é adaptado. O último assento é retirado, dando lugar a uma cadeira de rodas no caso de haver um visitante com esta demanda.

À noite fomos conferir a programação da casa noturna Typographia Brasil, que fica, também, no Centro Histórico de Santos. A casa conta com banheiro adaptado e com um atendimento bastante atencioso para auxiliar no que for necessário. A entrada não pode ser alterada em virtude do tombamento do prédio, o que limita – mas não impede – o acesso.

No domingo iniciamos o dia com a inspeção no Memorial das Conquistas do Santos Futebol Clube. Bairrismos à parte, este atrativo é demais! Mesmo aos que não torcem pelo Peixe, recomendo a visita. O lugar preserva diversos momentos do futebol mundial, sobretudo dos tempos áureos do Santos. O museu tem espaços amplos e é basicamente plano, o que ajuda na mobilidade. O acesso ao gramado e aos camarotes poderá sofrer intervenções que melhorem as condições de acessibilidade no estádio, que está em constante processo de modernização.

Antes de fazermos uma parada para o almoço, visitamos a plataforma do emissário submarino de Santos. Seguimos, então, para o aMarlin Restaurante, um restaurante belíssimo localizado em São Vicente. Fomos muito bem atendidos e servidos. A vista da baía, com a Ponte Pênsil ao fundo decorando a paisagem vale a visita! A casa também conta com vaga reservada e tem acessos a cadeirantes.

Voltamos ao Centro Histórico de Santos para visitar o Museu do Café e sua cafeteria. Fomos igualmente bem atendidos. O pessoal da Bolsa Oficial do Café, aonde localiza-se o Museu, está definitivamente preparado para atender a pessoas com demandas específicas. Valeu, pessoal! Considerando tratar-se de um monumento, vejo que as adaptações foram bem conduzidas. Recomendo a visita!

Fechamos nossas atividades no Píer 1, restaurante à beira mar, na Barra de Santos... ou na Ponta da Praia, com a região mais ao Norte da Baía é mais conhecida. Outro lugar muito bonito e de qualidade superior. O atendimento é também um destaque da casa. Há uma limitação, contudo, para a circulação de cadeiras de rodas, apesar da rampa de acesso na entrada da casa.

De modo geral, acredito que nossa visita tenha sido um sucesso. O Ricardo é a pessoa mais indicada para fazer observações técnicas acerca da acessibilidade e do atendimento que recebeu aqui no litoral paulista. Espero que as impressões tenham sido positivas e que possamos desenvolver as ações que “tramamos” durante estes dois dias de intensa troca de idéias sobre Turismo, Eventos, Hotelaria, Gastronomia e Hospitalidade.

Apesar de já nos conhecermos, foi um prazer ter meu primeiro trabalho externo à frente da Assessoria de Relacionamentos do Santos e Região Convention & Visitors Bureau com este cara tão especial!

1.20.2010

2010: sem choro nem vela...

Hoje, todos sabemos que as "expectativas" formadas pelos agentes econômicos com relação à boa governança e à política econômica (fiscal, monetária e cambial) executadas pelo governo, são a base fundamental para o seu sucesso e o consequente crescimento robusto do PIB com equilíbrio interno e externo. Com relação à política monetária, isso foi aprendido mais cedo. Lentamente, os bancos centrais tiveram de deixar de ser o "templo dos segredos" (sacerdotes possuidores de uma "ciência oculta") para se transformarem em instituições cuja independência, transparência e previsibilidade deveria dar-lhes a "credibilidade". Esta seria capaz de induzir o setor privado e o governo a coordenar suas "expectativas" sobre a taxa de inflação, sob pena de verem frustrados seus objetivos:

1)
se os sindicatos tentassem obter aumentos do salário real acima da produtividade, usando o poder de qualquer natureza (o poder de monopólio consentido pelo Estado ou escassez de mão de obra etc.), um aumento da taxa de juro real reduziria a taxa de crescimento do PIB e produziria desemprego;

2) se os empresários, usando o poder econômico (permitido pela falta de controle concorrencial por parte do Estado ou o excesso de demanda), tentassem um aumento da sua margem de lucro, um aumento da taxa de juros real cortaria a demanda e lhes imporia prejuízos;

3) se o Estado produzisse déficits, ele teria que colocar papéis da dívida publica (porque o Banco Central não pode financiá-lo diretamente) e a taxa de juro real aumentaria, porque o Banco Central se recusaria a financiá-lo indiretamente comprando-os à taxa de juro real vigente. Isso produziria: a) um aumento da relação dívida/PIB; b) um aumento das despesas de juros (e, logo, o corte do investimento público, o que reduziria a produtividade do setor privado); e, ainda por cima, c) uma redução do ritmo de crescimento do PIB, que levaria a uma queda da receita; e, finalmente;

4) a elevação da taxa de juro real tenderia a produzir (quando há liberdade de movimento de capitais), uma sobrevalorização cambial que desarticularia o setor exportador e reduziria, ainda mais, o crescimento do PIB.

..:: Confira o artigo na íntegra
: Valor On-line!

1.18.2010

Santos, sempre, Santos!

Amigos leitores e Prof. Trigo, compartilho a seguir alguns apontamentos sobre a postagem "Porto de Santos: Vergonha Nacional", publicado no "Blog do Trigo" em 18 de janeiro de 2010.

"Fico contente por sua viagem – a partir do embarque – ter sido bacana. Afinal de contas, precisamos de férias para organizar a vida para este ano que se inicia. Aliás, desejo um 2010 fantástico a todos nós que compartilhamos de um amor em comum: o Turismo.

Como sabes, acompanho seu blog e o admiro. Reitero agora minha disposição em compartilhar, irrestritamente, o sistema de comunicação de minha empresa, a [RH em Hospitalidade. Empresa que escolhi empreender em Santos. Não por acaso, apesar dos laços familiares na região. Deixei Florianópolis (SC), aonde iniciei minha carreira, para empreender em Santos.Tratou-se, há cerca de três anos, de uma escolha. Seguramente acertada, afirmo.

Não posso, então, me furtar à oportunidade de fazer alguns apontamentos sobre seu relato:
- Há um problema crônico no sistema portuário nacional, que é gerenciado pelas Companhias Docas Brasil a fora. Há esforços enormes para flexibilizar a gestão, privatizar terminais e desenvolver as áreas retro-portuárias, o entorno dos Portos. O que dizer sobre o maior Porto da América Latina, em movimentação?;

- Há interesses diversos na gestão de um terminal de passageiros. As taxas não condizem com os serviços prestados e a gestão da mão-de-obra não parece estar comprometida com a satisfação do cliente/turista, com a promoção de uma experiência de viagem integral (que seja real desde a descida da Serra do Mar, até o retorno) e muito menos com a preservação do nome de nosso município;

- A Secretaria Municipal de Turismo da Prefeitura Municipal de Santos não pode, senão por meio de conversas/sugestões/orientações, intervir neste quadro. O terminal de passageiros do Porto de Santos tem gestão privada. Além dos limites portuários, nossa Secretaria tem trabalhado bastante e com muito profissionalismo, auferindo resultados fantásticos;

- Os navios de cruzeiros agregam muito pouco valor ao Turismo de nossa região, além de tomar mercado de hotéis e resorts (para adoçar a leitura de alguns). O Santos e Região Convention & Visitors Bureau lançou o programa “24h na Costa da Mata Atlântica”, que fomenta a permanência na região, pré ou pós embarque;

- Dentre mais de 93 destinos concorrentes, o Circuito foi classificado ainda como o 2º melhor material promocional, e 3° melhor site (www.srcvb.com.br ou www.roteirosdacosta.com.br), em nível nacional. (Fonte: Revista Ecoturismo);

- A profissionalização do Turismo é corrente. Em nossa região, ademais da tradição bicentenária da “hospedagem” regional e da riquíssima história de luxoque Santos ostenta, existe uma longa jornada a ser percorrida até que tenhamos uma força de trabalho treinada, qualificada e em status para fazer frente aos desafios que a intensa modernização do turismo impõe ao mercado;

- Durante minha exposição no Seminário da Anptur, 2008, fui criticado por uma Profa. Dra. Quando afirmei ser a gestão de muitos empreendimentos em nossa região pouco profissional. Suas imagens e relatos confirmam não o meu entendimento, mas os resultados de minhas investigações – que remontam ao ano 2000, quando empreendi meu trabalho de conclusão de curso sobre o município de Santos;

- Infelizmente nossa marca e todos esforços que empreendemos acabam sendo prejudicados por situações – REAIS – como a que o Sr. vivenciou.
A extensão de minhas considerações (acredite, há outras! rs!) deve-se a ao “discernimento, à coragem e – extrema – vontade de contribuir para que nossa região tenha um complexo portuário que faça jus a seu nome.

É sob este intento que a ABBTUR São Paulo está participando da fundação do Instituto Porto de Santos, liderado pela Companhia Docas de Santos. Este evento mostra o envolvimento que a sociedade civil pretende e carece, e também a intenção que os gestores deste complexo portuário têm em transformar a realidade das imagens apresentadas.

É, também, sob este intento que a ABBTUR São Paulo firmou convênio com o Santos e Região Convention & Visitors Bureau para agregar pessoas a estas entidades e proporcionar aos profissionais e estudantes da região ao “Programa Olá Turista!”.

Não estou certo se feliz ou infelizmente, mas já posso adiantar que temos recebido e-mail’s, telefonemas e solicitações de acesso às vagas do Programa Olá Turista! de profissionais de todo o país. Isso rebate a realidade ilustrada pelas fotografias e aponta que há, sim, pessoas – muitas delas – com discernimento, coragem e vontade de fazer um futuro melhor do que o que nos foi proporcionado.

Seu relato demonstra exatamente o jargão “explorar o turista, e não o turismo”. Ignorando a pobreza do “explorar”, refiro-me a ingerência e o pequeno alcance da visão de “administradores” que miram a taxa de embarque muito mais do que o desejo de bem receber e acolher nossos visitantes.
Fica a seguinte provocação: “O empresariado tem responsabilidade direta quanto ao planejamento, à ética e a manutenção de elevados padrões de qualidade. Quando há problemas nas áreas de turismo ou hotelaria, o empresariado é um dos primeiros setores a ser atingido, e é fundamental que a saúde financeira do País seja preservada, a começar pela saúde das empresas, pois isso é bom não apenas para os empresários, mas também para funcionários, fornecedores, clientes e governos (que vivem dos impostos pagos por todos)”. (PANOSSO NETTO; TRIGO, 2009).
São todos – sempre –muito bem vindos!

Um forte abraço!

Aristides Faria. Consultor da [RH em Hospitalidade]. Diretor de Comunicação da ABBTUR São Paulo. Assessor de Relacionamentos do Santos e Região Convention & Visitors Bureau.

PANOSSO NETTO, A. TRIGO. L G G. Cenários do Turismo Brasileiro. São Paulo: Aleph, 2009.

* Quanto a imagens... eu ficaria com estas:



Projeto de Eike promete "matar paulista de inveja"

"A reforma do Hotel Glória, comprado por R$ 80 milhões em 2008 pelo empresário Eike Batista, dono da EBX, começou efetivamente no início deste mês, depois de um longo período de demolição. Centenas de caminhões de entulho depois, a obra começa tendo apenas a fachada clássica do antigo hotel de pé. O objetivo de Batista é que o hotel, que vai se chamar Glória Palace, se torne um novo ícone do Rio de Janeiro quando for reinaugurado no fim de 2011. A reforma vai custar R$ 120 milhões, elevando o custo total do empreendimento para R$ 200 milhões.

O hotel, que não é tombado pelo Patrimônio Histórico, mas sim preservado, é mais um dos projetos apelidados por Eike Batista de MPI, sigla de 'Matar Paulista de Inveja', inventada pelo empresário. A lista de entretenimento do grupo de Batista inclui o iate Pink Fleet, que faz passeios turísticos pela Baia de Guanabara, o restaurante de comida chinesa Mr. Lam, na Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio. Provocações à parte, o objetivo de Batista é transformar o Glória em uma opção para empresários e turistas em busca de charme, conforto, uma vista deslumbrante da Marina da Glória - cuja concessão ele acabou de comprar - e próximo do aeroporto Santos Dumont e do centro do Rio de Janeiro.

O Gloria Palace terá um restaurante com cúpula de vidro, spa, piscina com borda infinita, um bar a céu aberto na cobertura e um centro de convenções para reuniões corporativas. O preço das suítes vai variar entre R$ 800 e R$ 1,2 mil reais. Já a suíte presidencial custará mais de R$ 6 mil."

..:: Leia a matéria completa: Projeto de Eike promete "matar paulista de inveja"

1.17.2010

Festival de Sabores no Sofitel Jequitimar

Por: Marco Santana: Jornal da Orla

Até 6 de fevereiro, aos sábados, às 20h, o Sofitel Jequitimar promove o 5ª Festival Harmonia dos Sabores. A cada semana, um consagrado chef diferente comandará o jantar no charmoso restaurante Les Épices. São verdadeiras apresentações de "artistas dos alimentos", como define o chef francês Marc Le Cornec, responsável pelos restaurantes do Sofitel Guarujá Jequitimar.

Antes de cada jantar, acontece uma apresentação cultural de abertura, que será a inspiração para o menu da noite. No jantar de abertura, sábado (9), comandado pelo chef Olivier Falchi, do Sofitel Buenos Aires, foi precedido por apresentação de tango.





Perfumaria - Submarino.com.br

Teatro de Dança apresenta: Por viveres e sonhares

Dance no Teatro de Dança, Ano II. Por Viveres e Sonhares, com Wolnei Macena e Convidados!

O espetáculo fala da necessidade intrínseca de se sonhar, e as possibilidades de uma vida sem um espírito sonhador.

Dignidade para idealizar um sonho pequeno ou Esperança para almejar um grande sonho, seja como for, no tempo de um breve suspirar, todo temor desaparece.

Assim se apresenta o combustível interminável para uma vida Inteira e Verdadeira.
E sonhar é o descanso da vida.

Direção: Felipe Chepkassoff

Elenco: Ana Claudia Novo,Bruna Pires , Carla Lopes,Daniele Mariano, Eliana Weigel, Juliana Aoki, Marcus Philipe Maese, Maria da Conceição Novais, Maria José Giaretta, Miriam Monginho, Paulo Orlando Moreira da Silva, Rodrigo Lourenço, Sonia Frota

Faixa Etária: Livre

..:: Serviço ::..

Ingressos: R$ 2,00 (meia) R$4,00, (inteira)
Endereço: Av. Ipiranga, 344. Edifício Itália, subsolo. Metrô República
Bilheteria: (11) 2189-2555
Informações: Teatro de Dança

1.16.2010

Ponto MKT: Projeto 1ª Coletânea de Blogs sobre Marketing

Cada pessoa tem sua forma específica de encontrar inspiração para criar. Tem gente que tem ideia se exercitando, outros tem inspiração na hora do nº 2 no banheiro e ainda tem quem consiga criar forçando a mente e sob pressão. No meu caso, muitas ideias surgem em minha mente quando estou lendo. E foi num momento de leitura que tive essa ideia.

Com o intuito de reunir material que ajude na divulgação dos blogueiros que têm o marketing como sua fonte de inspiração, resolvi coletar informações para montar a 1ª Coletânea de Blogs Sobre Marketing. Essa coletânea consiste em um e-book que mostrará o endereço, descrição e meios para contato de todos os blogs que eu conseguir reunir. Terá também uma imagem da home do blog. Depois de pronto, o e-book ficará disponível para quem quiser baixar.

..:: Confira este conteúdo na íntegra: PROJETO 1ª COLETÂNIA DE BLOGS SOBRE MARKETING


Gestão do tempo!



Building a Network of Gen Y Entrepreneurs: A Story of Optimism : Marketing :: American Express OPEN Forum

"Spend a few minutes with Elliott Bisnow, the 24-year-old founder of the Summit Series, and you’ll immediately have a sense of how optimistic Gen Y entrepreneurs can be. According to the American Express OPEN Small Business Monitor (Fall 2009), more than three-quarters (80%) of Gen Y entrepreneurs have a significantly more positive outlook on business prospects versus business owners overall (55%). And, before you accredit youthful optimism to a lack of experience, you should know Elliott founded and failed at two previous companies before co-founding Bisnow, an e-newsletter company that should earn $2 million to $3 million in revenue this year, and Summit Series, a fast-growing networking and conference organization of young entrepreneurs.

The story of Summit Series is an interesting one: Elliott only started it to help him learn how to run Bisnow. After his two prior business attempts, he was all the more driven to succeed with his third, and decided he needed to connect with other young entrepreneurs who could offer their insights. Unable to find the right networking opportunities or resources, he decided to create his own."

..:: Complete article: Building a Network of Gen Y Entrepreneurs: A Story of Optimism : Marketing :: American Express OPEN Forum

EcoSurfi seleciona estagiários

Itanhaém, 12 de Janeiro de 2010

A Ecosurfi – Entidade Ecológica dos Surfistas, no uso de suas atribuições, torna público que receberá currículos, no período de 18 a 28 de Janeiro, na sede da entidade, sito à Rua Maria Deolinda Assunção Sales, 80 – Jardim Mosteiro – Itanhaém/SP ou pelo email ondaeagualimpa@ecosurfi.org para o preenchimento de vagas de estagiários.

..:: Critérios de seleção dos estagiários ::..

- Envio de currículo com foto;

- Estar regularmente matriculado num curso universitário voltado para a área ambiental e/ou educacional;

- Preferência para estudantes do último ano do curso;

- Entrevista;

- Ter interesse em aprofundar seus conhecimentos na área de recursos hídricos;

- Demonstrar vontade de atuar em projetos de educação ambiental;

..:: Ações a serem executadas ::: Serão realizadas 9 ações de 12h cada sendo que ::..

- 04h para uma Reunião de Fortalecimento Organizacional da ação para a formação dos conteúdos, da abordagem a ser adotada pelos Agentes, organização dos materiais (pranchetas, pesquisas de opinião, folders e uniforme) e coesão da equipe;

- 06h para a realização dos pedágios, onde os agentes abordarão as pessoas nos centros urbanos dos 9 municípios da Bacia Hidrográfica da Baixada Santista, para a realização de uma pesquisa de opinião e também para a sensibilização destas pessoas;

- 2h para tabulação dos dados, produção dos relatórios e avaliação da ação.

..:: ECOSURFI: Entidade Ecológica dos Surfistas ::..

Tel: + 55 13 3426-8138

..:: Website: http://www.ecosurfi.org ::..



Cine & Foto - Submarino.com.br

Ministro Pimentel debaterá rumos da Previdência Social na Fiesp

Por: Solange Sólon Borges - Agência Indusnet Fiesp

No dia 18, serão analisadas previdências pública e privada

O primeiro encontro do ano do ciclo Repensando o Brasil, iniciativa do Conselho Superior de Estudos Avançados (Consea), receberá o ministro José Barroso Pimentel, da Previdência Social, nesta segunda-feira (18).

O objetivo é aprofundar o debate iniciado durante a primeira participação do ministro do Estado, em novembro passado, quando tratou da estrutura da Previdência e da possibilidade de superávit a partir de 2010.
Estarão em foco agora a discrepância entre os vencimentos dos aposentados pelos setores públicos e privados, a metodologia de cálculo adotada pela Previdência e os fatores considerados, além da atual política implementada pelo governo federal com vistas à redução do déficit previdenciário.


À frente do Consea, Ruy Martins Altenfelder reafirmou que, entre os objetivos do Repensando o Brasil, mobilizado pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), incluem-se, além das discussões sobre a Previdência Social, a redução da burocracia.

A reunião, coordenada pelo Instituto Roberto Simonsen (IRS), ocorrerá na segunda-feira (18), das 10h às 12h30, na Sala Executiva do 15º andar, na sede da Fiesp (Av. Paulista, 1313). O encontro é fechado, mas ao final, por volta das 12h, o ministro atenderá a imprensa.

..:: Fonte: FIESP

Corpo de Zilda Arns chega ao Brasil

Por: Juliana Cardoso - Corpo de Zilda Arns chega ao Brasil

Um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) pousou nesta madrugada em Brasília com o corpo da médica Zilda Arns. A fundadora e coordenadora internacional da Pastoral da Criança morreu na terça-feira depois de um terremoto destruir o Haiti, onde ela estava em uma missão humanitária.

De Brasília, ele será transportado para Curitiba, onde será velado no Palácio das Araucárias, sede do governo do Paraná. Devem comparecer à vigia o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o governador paulista José Serra, o presidente da Câmara Federal, Michel Temer, e Dom Pedro Luiz Stringhini, bispo de Franca, representando Dom Paulo Evaristo Arns, entre outros.

No voo que trouxe o corpo da médica, estava o ministro da Defesa, Nelson Jobim, que classificou a morte de Zilda Arns como uma perda irreparável para o Brasil.

A força do carisma

"A história brasileira é pontilhada por lideranças consideradas carismáticas, que vão de d. Pedro II a Jânio Quadros, passando por Getúlio Vargas e desaguando em Luiz Inácio Lula da Silva. Embora faça parte dessa grande família de políticos, 'nunca na história deste país' houve um presidente como Lula. 'Ele é um fenômeno único. Não se encontra na política brasileira outro líder que tenha condensado tanta popularidade em tão pouco tempo', afirma o cientista político Renato Lessa, do Iuperj, para quem a popularidade de Lula não pode ser comparada nem com a do momento áureo de Getúlio. 'Lula é popular num ambiente democrático, em que todo mundo pode dizer o que quer'.

Com um departamento de imprensa e propaganda, o famigerado DIP, braço da censura acoplada ao incensamento de sua figura onipresente, Vargas detinha o monopólio da comunicação com as massas. Dessa forma, dava-se no ditador a confluência do www.iuperj.br/e do www.iuperj.br/, que tão frequentemente se alimentam um ao outro - embora não necessariamente em ditaduras.

Para o sociólogo alemão www.iuperj.br/, o carisma é a qualidade pela qual alguém é colocado à parte das pessoas comuns e é tratado como se dotado de poderes ou qualidades sobrenaturais, sobre-humanas, ou, pelo menos, excepcionais. Não são traços encontrados entre pessoas quaisquer. São considerados de origem divina, ou qualificados, mais terrenamente, como exemplares. www.iuperj.br/, completa Weber."

..:: Artigo completo: A força do carisma

1.13.2010

Copa terá R$ 8 bilhões do FGTS

Por: Mônica Izaguirre - Copa terá R$ 8 bilhões do FGTS

"O Conselho Curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) aprovou, ontem, a elevação dos recursos a serem destinados a obras de mobilidade urbana nas 12 capitais que sediarão a Copa do Mundo de futebol de 2014. Em vez de R$ 1 bilhão, os Estados e municípios terão à disposição R$ 8 bilhões do FGTS para essa finalidade, informou o ministro das Cidades, Márcio Fortes.

Segundo ele, o valor refere-se ao orçamento de contratações do fundo para 2010. O desembolso vai depender o ritmo das obras. Segundo o ministro, há ainda um saldo de R$ 1 bilhão não utilizado do orçamento de 2009, que também poderá, se necessário, ser usado para os projetos da Copa.

Os projetos do chamado PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) da Mobilidade para 2010 serão anunciados hoje pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva e são parte do PAC da Copa do Mundo. Fortes explicou que os projetos visam a melhorar as condições de transporte coletivo urbano nas cidades e referem-se, basicamente, a implantação de corredores exclusivos de ônibus, veículos leves sobre trilhos, monotrilhos e vias de acesso a estádios esportivos.

Dependendo do projeto, os Estados e municípios tomadores terão quatro anos de carência e mais 20 ou 30 anos de prazo para amortizar o financiamento. O custo das operações será de 5,5% ou 6% ao ano mais Taxa Referencial (TR), de um taxa de risco de 1% ao ano e, ainda, do diferencial de juros (spread) cobrado pela Caixa Econômica Federal, de até 2% ao ano.

1.12.2010

Governo já admite ficar sem o trem-bala para a Olimpíada de 2016

"Quem sonhava ir de São Paulo ao Rio no trem de alta velocidade para assistir à Olimpíada de 2016 pode mudar de planos. A ligação completa entre o Rio e São Paulo não deve ficar pronta a tempo. Segundo Hélio Mauro França, superintendente-executivo da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), o projeto nunca esteve associado a nenhum dos eventos esportivos previstos para o país nos próximos anos porque ele é anterior à decisão de realizá-los no Brasil. 'Nós só trabalhamos no curto prazo, com as etapas seguintes. É um projeto que depende de muitas variáveis', explica França.

Ontem foi realizada a primeira audiência pública do processo de consultas iniciado em 18 de dezembro. As próximas sessões serão em São Paulo, amanhã, em Campinas, no dia 15, e em Brasília, no dia 19. O período de audiências vai até o dia 29 deste mês. O projeto do trem vai ligar o Rio a São Paulo, passando por São José dos Campos e, posteriormente, indo a Campinas, num total de 510,7 quilômetros."

..:: Matéria completa: Governo já admite ficar sem o trem-bala para a Olimpíada de 2016

1.11.2010

2010 - Ano no Tigre!



Tendências e Mercado » New York Times destaca BA como destino turístico para 2010

"A Bahia, único estado citado do Brasil, foi eleita pelo jornal mais influente dos Estados Unidos, o New York Times, como um dos 31 destinos para se visitar em 2010. A matéria ressalta os principais atrativos baianos e cita a riqueza da culinária regional, a diversidade cultural e o turismo étnico.

O município de Trancoso, no sul da Bahia, foi um dos assuntos da reportagem, pelas belas paisagens, além dos resorts e hotéis de luxo que garantem o bem-estar e a modernidade para seus hóspedes.

Em 2009, a Secretaria do Turismo e a Bahiatursa participaram de diversas ações promocionais nos Estados Unidos, através da Coordenação de Turismo Étnico e da Diretoria de Relações Internacionais.

É fundamental o trabalho de divulgação e promoção que a Bahia realiza naquele país com o segmento étnico-afro. Temos voos diretos e diários vindos de Miami, o que ajuda a manter esse bom relacionamento com os norte-americanos. A recente pesquisa da Fipe apontou que os Estados Unidos é o maior mercado emissor de turistas para o nosso estado”, disse a presidente da Bahiatursa, Emília Salvador Silva.

A lista completa você confere clicando aqui.

..:: Fonte: Tendências e Mercado » New York Times destaca BA como destino turístico para 2010

Start at Point A - Vineet Nayar - Harvard Business Review

Start at Point A - Vineet Nayar - Harvard Business Review: "'When you grow up, what would you like to be?' That's a question parents, relatives, and even complete strangers direct at children in India. As a result, the journey through life begins with the desire to be somebody tomorrow: An engineer, a doctor, a pilot... kids start working their way to a Point B that lies in the future.

I have nothing against people stoking children's ambitions and no issue with kids dreaming about the future. But the problem is that the fixation with a Point B often continues over time. When children are in kindergarten, their parents are obsessed about getting them into school; when in school, the focus is about getting admitted to university; on graduation, the priority is to land a good job.

Once you become a manager, you become obsessed by the business targets and personal goals you must attain in order to be deemed a success. Life has somehow become all about getting to a hypothetical future."

..:: Full article: Harvard Business Review

Banco quer emprestar a estudante

"Depois de cursar fisioterapia por dois anos, Fernanda Andrade Silva se viu diante de um impasse em 2006. A mensalidade da faculdade, de R$ 900, tinha se tornado grande demais para ser paga com o salário de R$ 1.100 que recebia como bancária. Por três dias, ela deixou de frequentar o curso, achando que não retornaria mais às classes por falta de dinheiro. Mas um anúncio de crédito universitário pregado na parede da escola acabou levando Fernanda de volta à sala de aula. 'Eu não queria jogar dois anos de estudo no lixo, por isso resolvi descobrir o que era aquilo', conta. Com o crédito, ela começou a pagar meia mensalidade por mês, valor que se encaixou melhor no bolso, e conseguiu se formar. Hoje faz pós-graduação enquanto acaba de pagar as últimas parcelas do curso.
A solução que Fernanda arrumou para concluir o ensino superior é bastante incomum entre os brasileiros. Entre os colegas de classe, a fisioterapeuta foi a única a estudar com o crédito. Hoje as formas de financiamento estudantil estão basicamente restritas ao Financiamento Estudantil (Fies), programa de crédito do governo que atende 477 mil jovens. Mas, de olho em um mercado que movimenta cerca de R$ 25 bilhões por ano em mensalidades, os bancos se preparam para lançar suas próprias linhas de crédito à graduação.
O Itaú Unibanco já começou as concessões de empréstimos nesta temporada de matrículas, enquanto o Santander conclui seu programa piloto para iniciar as liberações a partir do segundo semestre. Os dois se juntam ao banco ABC Brasil, que opera por meio da promotora Ideal Invest, e à Caixa Econômica Federal, atualmente a única repassadora do Fies e que também está estruturando um produto com recursos próprios."

..:: Artigo completo: Banco quer emprestar a estudante



Informática - Submarino.com.br

Japan Airlines pode eliminar mais de 15 mil empregos

Por: Juliana Cardoso - Japan Airlines pode eliminar mais de 15 mil empregos

"A Japan Airlines (JAL) está prestes a eliminar mais de 15 mil vagas e se prepara para pedir proteção contra credores, conforme reportagens divulgadas ontem e hoje.

O Kyodo News, por exemplo, publicou que, pelo plano de reorganização proposto pelo Enterprise Turnaround Initiative Corp. do Japão (ETIC), uma entidade de reestruturação corporativa apoiada pelo estado, a JAL deve eliminar postos de trabalho durante três anos fiscais até março de 2013.

O plano incluiria ainda um novo investimento de 300 bilhões de ienes (US$ 3,3 bilhões) pelo organismo com apoio do governo e o saneamento das dívidas durante o processo de recuperação judicial.

O Mainichi Daily News observou, por sua vez, que o ETIC pretende nomear uma pessoa de fora da empresa aérea como novo executivo-chefe e que a escolha teria recaído em Kazuo Inamori, de 77 anos, fundador do grupo de eletrônicos Kyocera. Para diretor operacional, a indicação sairia do quadro interno.

A publicação acrescentou que a JAL deve pedir proteção contra credores sob a Lei de Reabilitação Corporativa até 19 de janeiro e que a nova equipe administrativa da aérea ficaria encarregada de decidir se fará uma parceria com a Delta ou com a American Airlines no fim de fevereiro.

O ETIC avalia, no entanto, conforme o Mainichi Daily News, rejeitar qualquer capital estrangeiro para ter uma posição firme na proposta de reconstrução da JAL e limitar uma eventual aliança a operações de negócios.

O jornal Asahi reportou que as ações da JAL, que caíram nas últimas semanas, vão ser retiradas da bolsa".



Eletrônicos - Submarino.com.br

1.07.2010

Motivation! "I thought you were a myth"!





Telefonia - Submarino.com.br

Trem da Eurostar volta a parar em túnel sob o Canal da Mancha


Trem da Eurostar volta a parar em túnel sob o Canal da Mancha: "A Eurostar voltou a enfrentar problemas hoje na ligação ferroviária entre o Reino Unido e o continente europeu, sob o Canal da Mancha.

Um trem procedente de Bruxelas com destino a Londres ficou parado dentro do túnel durante duas horas e teve de ser rebocado até uma estação no sul da Inglaterra.

Os passageiros foram transferidos para outra composição e chegaram com atraso de três horas a Londres. A Eurostar está investigando as causas do problema.

No último final de semana antes do Natal passado, alguns trens da companhia também pararam repentinamente no túnel, deixando passageiros isolados por horas.

O serviço ferroviário entre a Inglaterra e a Europa ficou suspenso por alguns dias, provocando grande transtorno para cerca de 40 mil passageiros na época mais movimentada do ano.

A Eurostar disse na ocasião que o problema foi provocado pela neve, que penetrou nos motores das locomotivas e provocou a paralisação dos trens.

Esta semana, a Grã-Bretanha e outros países europeus enfrentaram uma nova onda de frio intenso, que provocou grandes nevascas em algumas áreas."

Carlyle é acionista majoritário da CVC

Por: Alberto Komatsu - Valor Online

Depois de dois anos de flerte, a CVC e o fundo americano de investimentos Carlyle anunciam hoje a maior transação da história do setor de agências de viagens no Brasil. O Carlyle tornou-se acionista majoritário da maior operadora de turismo do país, com cerca de 63% de participação. O valor do negócio não deve ser divulgado, mas pessoas próximas estimam que seria de aproximadamente US$ 600 milhões ou o equivalente a pouco mais de R$ 1 bilhão.

O fundador da CVC, Guilherme Paulus, permanece no conselho de administração, de nove membros. O atual presidente da operadora Valter Patriani, tido como peça-chave na empresa, onde iniciou carreira em 1978 como vendedor, continuará no cargo. No conselho, o Carlyle deverá ocupar seis cadeiras. O fundador da CVC, por sua vez, poderá indicar três pessoas.

Só a operadora foi negociada. Outras empresas do grupo, como WebJet, CVC Cruzeiros, GJP Administradora de Hotéis e Set Travel permanecem com Paulus. Os recursos da venda vão expandir a operação da CVC, que pretende se internacionalizar.

A CVC foi fundada em 1972, em Santo André. Cresceu com a venda de pacotes turísticos a funcionários de montadoras do ABC paulista. Em 2009, embarcou 2 milhões de pessoas. Já o Carlyle estreou no Brasil em 2007, ao comprar a Scopel, do ramo imobiliário, por US$ 70 milhões.

Livro diverte, ensina e incentiva o turismo cultural

Nas férias, roteiro inspirado em livro infantil é opção de passeios no litoral paulista. Atividades lúdicas com o circuito turístico serão apresentadas nos dias 16 e 30 de janeiro, no Guarujá.

Já imaginou conhecer de verdade os lugares onde acontecem as histórias que você leu em um divertido livro? Esta é uma das opções para pessoas de todas as idades curtirem as férias. É possível - parafraseando o nome do livro -, conhecer in loco os lugares que o personagem Lucas percorre, nas nove cidades da Costa da Mata Atlântica, a nova Baixada Santista, litoral de São Paulo. A proposta é da autora do livro infantil Tudo é Possível - Incrível Viagem no Tempo, Lúcia Maria Teixeira Furlani, presidente do Santos e Região Convention & Visitors Bureau.
Aventura é o que não falta: Lucas viaja no tempo, volta 5000 anos e depois chega até os dias atuais, enfrenta piratas em Bertioga, no Forte São João; em São Vicente escapa de ser negociado como escravo pelo Bacharel da Cananeia; descobre a região, cercada pela Mata Atlântica, caminhando com José de Anchieta; envolve-se em muitas confusões, na companhia do pintor Benedito Calixto; é cruelmente perseguido por homens primitivos, vilões e muito mais, mas recebe o auxílio de José Bonifácio, de escravos e de animais.
As histórias do livro misturam fatos, lugares e personagens reais do Brasil com o imaginário. Além de despertar o interesse de crianças de todo o Brasil, sua narrativa tem sido um interessante atrativo para o turismo cultural e excelente opção para uma viagem de toda família ao litoral nestas férias. Na região há inúmeras atrações, com destaque para o Circuito Turístico da Costa da Mata Atlântica, que oferece opções aos turistas de Roteiros temáticos: Histórico e Cultural, Ecológico e Rural, e Científico e Ambiental. São sugestões para que o visitante conheça a diversidade e riqueza dos atrativos das cidades de forma autônoma. Os roteiros podem ser visualizados no awww.roteirosdacosta.com.br.

Atividades Lúdicas – O roteiro turístico sugerido pelo livro será apresentado através de contação de história e atividades lúdicas nos dias 16 e 30 de janeiro, aos sábados, das 18h às 20h. O evento será na Livraria Manuscrito, do Vivo Casa Grande Boulevard Mall, localizado no Casa Grande Hotel, Av. Miguel Stefano, 1000, na Enseada, em Guarujá.

Sobre a Obra - Tudo É Possível, já em sua 4ª edição, é adotado em mais de 500 escolas de todo o Brasil (entre elas, as da Fundação Ayrton Senna, Fundação Bradesco, escolas públicas e particulares de diversos estados), entusiasmando pequenos e adultos, o que tem levado a escritora a muitos encontros com o público mirim.

Sobre a autora - A autora inspirou-se em seu filho Lucas e nas histórias que conta para ele toda noite. Escritora premiada, Lúcia fez sua estreia na literatura infanto-juvenil com essa obra, sucesso de público e crítica. Em continuação de um dos episódios das aventuras de Lucas, Lúcia lançou O Segredo da Longa Vida, nas comemorações dos 100 anos da imigração japonesa no Brasil. Em suas publicações aplicou sua experiência como Doutora e Mestre em Psicologia da Educação, Psicóloga e Educadora. É presidente da Universidade Santa Cecília (Unisanta), em Santos, e do Santos e Região Convention & Visitors Bureau.

Outras informações e sugestões de passeio podem ser encontradas nos links: www.unisanta.br/tudoepossivel, www.srcvb.com.br.

..:: Serviço ::..
Tudo é Possível Incrível viagem no Tempo
Autora: Lúcia Maria Teixeira Furlani
Editora: Unisanta / Global
Ilustrações: Bill Silva e Leandro Rodrigues
Preço: R$ 24,90
Número de páginas: 48

1.04.2010

Japão dobra linha de crédito à JAL

"A Japan Airlines (JAL) recebeu ontem a notícia de que receberá auxílio temporário, com o governo japonês aceitando dobrar uma linha de crédito estatal para 200 bilhões de ienes (US$ 2,1 bilhões).

O governo japonês pediu ao Development Bank of Japan (DBJ) para elevar sua linha de crédito à JAL, depois de ministros como o de Transportes, Seiji Maehara, e o vice-primeiro-ministro, Naoto Kan, terem se reunido para discutir como o governo federal poderia apoiar a debilitada empresa aérea. O DBJ, 100% controlado pelo governo do Japão, informou que estudará o pedido e divulgará sua decisão o mais cedo possível 'de forma a cooperar com a operação segura' da empresa aérea.

O banco possui linha de crédito de 100 bilhões de ienes com a JAL, dos quais 55 bilhões de ienes já foram usados. O aumento na linha almeja aliviar os receios dos credores e fornecedores da JAL quanto a sua estabilidade financeira. A empresa aérea perdeu mais de 130 bilhões de ienes no período de seis meses encerrado em setembro.

As ações da JAL vêm sendo fustigadas pelos temores de que a companhia aérea seria forçada a buscar um processo equivalente ao de recuperação judicial. A ansiedade com as condições financeiras da JAL vem sendo alimentada pelas notícias na mídia local de que a Enterprise Turnaround Initiative Corporation, estatal encarregada de ajudar na recuperação de empresas, estuda se deve colocar JAL nesse processo. Acredita-se que os principais bancos privados credores sejam contrários a uma recuperação judicial."

..:: Fonte: Japão dobra linha de crédito à JAL



Livros - Submarino.com.br

Othon vai reformar rede e quer sócio em 2013

Por: Alberto Komatsu - Valor Online

A rede brasileira de hotéis Othon, fundada em 1943, pretende investir R$ 50 milhões até 2013 para reformar seus principais empreendimentos no país. Após essa etapa, a empresa quer vender até 40% de suas ações para um fundo de investimento, conta o presidente do Conselho de Administração do grupo, Álvaro Bezerra de Mello, de 78 anos. Outra meta, acrescenta ele, é alcançar o equilíbrio financeiro em 2010, quando espera reverter as perdas de R$ 6 milhões acumuladas até novembro deste ano.


"Na hora em que tivermos com nossos hotéis em ordem, a iniciativa seguinte será agressivamente procurar os grandes parceiros", conta o pernambucano Bezerra de Mello, filho do fundador da rede, Othon Lynch. Parte dos recursos para as reformas serão pleiteados com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que criou uma linha de financiamento de R$ 1 bilhão focada em obras de reformas de interiores de hotéis, com a preservação da fachada (atividade conhecida como retrofit).

Caçula de 11 irmãos, o presidente do Conselho de Administração da rede Othon afirma que ainda não foram iniciadas aproximações com potenciais investidores interessados em adquirir ações da empresa, que tem registro de companhia de capital aberto desde 1980. Seu primeiro hotel, o Aeroporto Othon, no Rio, tem 66 anos de funcionamento.
Com faturamento anual da ordem de R$ 100 milhões, a rede Othon tem 20 hotéis no Brasil, sendo a metade no Rio de Janeiro, onde está a sede da empresa. Também opera cinco empreendimentos no exterior, sendo um nos Estados Unidos (São Francisco), três em Portugal (dois em Porto e um em Lisboa) e outro na Espanha (Madri). De acordo com o balanço do terceiro trimestre, sua receita líquida somou R$ 72,9 milhões até setembro, um crescimento de 5,4% na comparação com igual período de 2008.

"Uma vez que a gente tenha nosso parque renovado, vamos focar nossa bandeira na busca de contratos de gestão. A construção de novos hotéis também é uma porta que gostaríamos de abrir com certeza", afirma o diretor-superintendente da rede Othon, Fernando Chabert. "Queremos fazer o que as multinacionais estão fazendo, por que não?", acrescenta Bezerra de Mello.
O plano do grupo é obter a gestão de hotéis em São Paulo e interior, além de Brasília, regiões prioritárias para a empresa. Já as reformas, que tiveram início em 2009 em dois empreendimentos no Rio, serão direcionadas para hotéis de cidades como Salvador e Belo Horizonte. Uma das reformas mais importantes será a do Rio Othon Palace, maior hotel da bandeira Othon no Rio de Janeiro, inaugurado em 1975, com 600 quartos.

"Nossa ideia é nos fixarmos nos nossos grandes hotéis. Não há nenhuma ideia de vender alguma coisa", diz Bezerra de Mello. Ele se referiu às informações veiculadas pela imprensa de que a rede Othon seria alvo de potenciais investidores, como a GP Investimentos, que negou tanto o interesse no negócio quanto ter havido qualquer aproximação com a rede Othon.

Bezerra de Mello desmentiu qualquer negociação para a venda da empresa, mas admitiu que há investidores que manifestam seu interesse por meio de corretores. "As pessoas que vêm oferecer, e que eu nem recebo, cada dia vêm com um preço diferente. Não há interesse nenhum [em vender a rede]", diz o executivo.

A rede Othon teve lucro operacional de R$ 18 milhões até novembro, informa Chabert. Segundo o diretor-superintendente da empresa, esse valor representa 15% de crescimento em relação ao mesmo período de 2008. Ele afirma que a taxa de ocupação dos hotéis durante o período de festas de fim de ano registram expansão de 8%, na comparação com o ano passado. Para 2010, a perspectiva é a de que a receita aumente 8%.

Em seu último balanço, do terceiro trimestre de 2009, a rede mostrava uma dívida contraída por meio de empréstimos e financiamentos de R$ 10 milhões. O caixa da empresa contava com R$ 518 mil até setembro.