Translate this blog

Pesquisar este blog

12.03.2009

Krugman adverte para excesso de euforia com Brasil

A economia brasileira reagiu bem à crise e se encontra num momento favorável, mas é preciso tomar cuidado com o excesso de euforia em relação ao país, que tem levado a uma exagerada e preocupante valorização do câmbio, advertiu ontem o economista Paul Krugman, Nobel de Economia em 2008. "O Brasil está indo bem, mas isso não quer dizer que vá se tornar uma superpotência econômica no ano que vem. Os mercados, porém, estão agindo como se isso fosse ocorrer." O professor da Universidade de Princeton disse que o país ainda não conseguiu demonstrar que será realmente uma economia de crescimento elevado, alertando para os riscos de se tornar o "queridinho" dos investidores. Um deles é ter uma moeda que caminha para níveis extremamente apreciados, que não "fazem sentido".

Krugman afirmou deter alguns investimentos em ativos brasileiros, mas que estava pensando em sair deles, não por antever uma crise, mas por causa do excesso de euforia dos mercados em relação ao país. O economista falou ontem à imprensa em São Paulo, onde fez a palestra de encerramento da ExpoManagement 2009.

Krugman lembrou de vários países que se transformaram nos preferidos dos investidores, receberam muito capital externo e depois enfrentaram crises gravíssimas. Citou o México, que quebrou em 1994, a Argentina, que deu calote em 2001, e países do Leste Europeu, incensados antes da crise e hoje amargando tempos difíceis. "A história sugere que você não deve querer ser a bola da vez."

..:: Matéria completa: Valor On-line!

Postar um comentário