Translate this blog

Pesquisar este blog

11.20.2009

Governo de SP lança site que tenta medir chances de emprego; resultado é genérico

O governo de São Paulo lançou nesta terça (17), uma ferramenta on-line que tenta calcular a chance de colocação no mercado de trabalho para quem está desempregado.

O site, chamado de Termômetro Nacional do Emprego, tem dados nas regiões metropolitanas de São Paulo, Porto Alegre, Salvador, Recife, Rio de Janeiro ou Belo Horizonte.

No teste feito pela reportagem do UOL Empregos, nota-se que o cálculo é genérico, já que o usuário não indica sua carreira nem a área de trabalho, apenas o seu nível de formação escolar -- que se limita ao superior completo. O ramo de atividade (indústria, comércio, construção e serviços) só aparece na média de remumeração esperada, com carteira assinada.

Para utilizar o Termômetro, o usuário deve acessar o site www.termometrodoemprego.sp.gov.br e informar os seguintes dados: idade; sexo; cor/raça; escolaridade; estado civil; se tem filho com menos de seis anos de idade; total de moradores no domicílio; renda familiar; se é responsável pelo domicílio; se já trabalhou; há quanto tempo procura trabalho (a partir de um ano); quantas horas semanais está disposto a dedicar ao novo trabalho; e em qual das seis regiões metropolitanas quer fazer a pesquisa.

O site dá usuário um resultado na forma de um número: é o "fator" do candidato ao trabalho, que vai de 0 a 100, que indicaria a probabilidade de conseguir um trabalho. Por exemplo: se o fator do usuário for 19, significa que de cada 100 pessoas com seu perfil, genérico, e que também procuram uma vaga, 19 delas obtêm sucesso, em até 30 dias.

Outros dois fatores são informados, para duas situações: se a procura durar 60 dias ou se durar 90 dias. O fator cresce de acordo com a duração do período de procura, pois, com a persistência na procura. aumentam as chances de conseguir emprego.

O cálculo tem como base dados da Pesquisa Mensal de Emprego, do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

..:: Informações do governo de SP
Postar um comentário