Translate this blog

Pesquisar este blog

10.30.2009

Gratuito, uma tendência além da internet

"'There is no such thing as a free lunch'. A clássica frase americana, que se traduz para “não há almoço grátis”, simboliza um tradicional ceticismo do consumidor em relação a produtos ditos gratuitos. Mas, pensemos nos últimos dez anos, alguns dos produtos mais usados da década são os gratuitos Google Busca, Hotmail, MSN, Skype, Twitter. São invenções que modificaram o dia a dia do consumidor, reorganizando a forma como o mundo se vê, comunica e entende.

É inegável que a internet tenha acostumado o público a não pagar por certos tipos de serviços. O que antes era visto apenas como brindes feitos para chamar a atenção a algo comprável virou um modelo de negócios consolidado e bem-sucedido. Em 2008, o Google foi uma das organizações mais lucrativas."

..:: Artigo completo: ABRH-SP

Reconquistar o Rio para invadi-lo com Políticas Públicas

Por: João dos Santos Filho

Gostaria de iniciar este difícil e complexo assunto, relatando a história de um grande e saudoso amigo Arnold Escobar escritor e poeta colombiano que foi professor da Universidade de Antioquia na cidade de Medellín. Intelectual ativo e engajado nas lutas pela democracia sofreu com a perda de seu irmão advogado ativista na luta pelos direitos humanos contra o narcotráfico.

Na década de oitenta participou de um concurso internacional de poesia em Israel, sendo premiado com dez mil dólares por uma de suas peças poéticas. Na qual ajuntou mais suas economias de anos de poupança e adquiriu um terreno na cidade balneária de Cartagena, com a intenção de no futuro construir uma casa de veraneio, nessa magnífica cidade repleta de fortaleças, igrejas e patrimônio da humanidade, comparada com a beleza e romantismo da cidade do Rio de Janeiro.

..:: Confira o artigo completo ::..

10.29.2009

Vá de bike!

Unip Marquês: Jornada de Turismo

Olá pessoal,

Preciso agradecer pela oportunidade de ter participado ontem da Jornada de Turismo da Unip, Unidade Marquês. Agradeço a todos alunos/organizadores e professores pela recepção e permanente atenção.

Foram, definitivamente, momentos muito agradáveis. Vocês foram demais! Espero que nosso contato permaneça ao longo do tempo, afinal compartilhamos do mesmo mercado e todos nós podemos crescer uns com os outros!

Já está disponível o material usado no evento. Confiram a seguir. Deixo aqui meu e-mail (aristidesfaria@rhemhospitalidade.com) e meu MSN (aristidesfls@hotmail.com) para que possamos continuar em contato. Participem, também, de nossa comunidade no Orkut!



Quem possuir fotos do evento, envie para que a gente publique aqui no blog! Será um prazer promover a ação realizada essa semana por todos vocês. Um abraço especial às Professoras Renata e Luana. Muito obrigado pela oportunidade!

Um forte abraço!
Sucesso sempre,
Aristides Faria

Hôtelier News - Estudo revela perfil dos turistas durante Copa e Olimpíadas

Hôtelier News - Estudo revela perfil dos turistas durante Copa e Olimpíadas: "Estudo revela perfil dos turistas durante Copa e Olimpíadas

De acordo com um estudo preliminar sobre os efeitos dos eventos esportivos no Brasil, realizado pelos professores Bayard Boiteux e Mauricio Werner, da UniverCidade e Planet Work, a Copa do Mundo de 2014 trará um incremento de 23% em turistas oriundos da América do Sul. Já para os Jogos Olímpicos de 2016, a pesquisa aponta um aumento de 15% de europeus e norte-americanos.

Em ambos eventos haverá uma oferta 30% maior de empregos em turismo e hotelaria. Além disso, a imagem institucional do Rio de Janeiro e do Brasil terá mais 65% de percepção positiva do que qualquer campanha feita por órgãos de turismo nos mercados internacionais.

'Estamos em um momento vital para começarmos a controlar os grandes problemas da violência urbana e transito caótico até a realização dos dois acontecimentos', afirma Boiteux, que vai lançar um programa de qualificação de destinos turísticos com a Cesgranrio para melhoria de condições de sinalização e informação.
(Rhaiane Sodré)"

10.28.2009

Unisantos: XII Feira de Recrutamento

Caros amigos,

Gostaria de agradecer publicamente a cordialidade com que fomos recebidos pelos alunos, professores e demais colaboradores da Universidade Católica de Santos (Unisantos) por ocasião da XII Feira de Recrutamento, realizada no último dia 26, segunda-feira.

A [RH em Hospitalidade] utilizou a sala 332, onde, durante o período da Feira, apresentamos uma série de vídeos utilizados em nossos treinamentos organizacionais.

Por conta do dinamismo do evento as palestras que havíamos programado acabaram não acontecendo. Isso, felizmente, não é problema! Disponibilizamos uma destas apresentações por meio do slide show a seguir. Confiram e baixem o material:



Durante a Feira foram captados 141 currículos. Os alunos do curso de Administração foram os mais presentes, com 39 documentos entregues. Estes, são seguidos pelos colegas dos cursos de Logística e Comério Exterior, ambos com 29 currículos. Na sequencia vêm Gestão Portuária (13), Psicologia (12), Ciências Contábeis (6), Ciências Econômicas (5) e Comunicação Social (2). Outros seis foram trazidos de amigos e parentes oriundos de outras instituições. Há, ainda, alguns currículos chegando via e-mail (aristidesfaria@rhemhospitalidade.com).

Particularmente, julgamos nossa participação um sucesso. O contato com os discentes é sempre muito salutar. Sentir o mercado de trabalho é muito importante ao profissional de RH, que acaba ficando em quatro paredes a maior parte do tempo.

Agradeço a Sra. Regina Helena, primeiro, pelo convite e, depois, pela atenção e orientações fornecidas para nossa participação. Agradeço a meu amigo, palestrande convidado, o Psicólogo Dr. Pedro Quaresma Cardoso.

Em breve todos os endereços de e-mail serão cadastrados junto à base de nossa empresa e passarão a receber periodicamente notícias, matérias e anúncios de eventos de networking e capacitação.

Desde já confirmo nossa participação em demais atividades que a Unisantos promover no sentido de colaborar com o desenvolvimento de seus alunos. Agradeço à pessoa do Prof. José de Oliveira Silva, Diretor do Centro de Ciências Jurídicas e Sociais Aplicadas pela oportunidade que nos proporcionou.

Um forte abraço!
Sucesso sempre,
Aristides Faria

..:: Na imprensa ::..

A Tribuna Digital

Planeta Voluntários: porque ajudar faz bem!

Você sabia que...

- Mais de um bilhão de pessoas no mundo vive com menos de um dólar por dia;

- Cada dia, morrem, por causa da fome, 24 mil pessoas. 10% das crianças, em países
em desenvolvimento, morrem antes de completar cinco anos;

- Um terço da população é mal alimentado e outro terço está faminto;

- Que a cada dia 275 mil pessoas começam a passar fome ao redor do mundo. O Brasil é
o 9º país com o maior número de pessoas com fome;

- Atualmente, cerca de 1,2 bilhão de pessoas se encontra no estado de alta pobreza
devido às condições climáticas de suas regiões;

..:: Você Sabia? ::..

- Mais de um bilhão de crianças, a metade dos menores do mundo, é castigado pela pobreza, as guerras e a Aids;

- Todos os dias, o HIV/AIDS mata 6.000 pessoas e infecta outras 8.200;

- Todos os anos, seis milhões de crianças morrem de má nutrição antes de completar
cinco anos;

- Cerca de 90 mil crianças e adolescentes são órfãos no Brasil à espera de uma
adoção;

- A escassez de água já atinge 2 bilhões de pessoas. Esse número pode dobrar em 20
anos...

- Cerca de 100 milhões de pessoas estão sem teto;

- No Brasil, são 33,9 milhões de pessoas sem casa. São nas áreas urbanas, são 24
milhões que não possuem habitação adequada ou não têm onde morar;

- Que vinte e cinco milhões de pessoas são dependentes de drogas no mundo;

- Que os indígenas continuam a ser vítimas de assassinatos, violência, discriminação, expulsões forçadas e outras violações de direitos humanos;

- Mais de 2,6 bilhões de pessoas não têm saneamento básico e mais de um bilhão continua a usar fontes de água imprópria para o consumo;

- Cinco milhões de pessoas, na sua maioria crianças, morrem todos os anos de doenças
relacionadas à qualidade da água;

- No mundo inteiro, 114 milhões de crianças não recebem instrução sequer ao nível básico e 584 milhões de mulheres são analfabetas;

- Que é gasto 40 vezes mais dinheiro com cosméticos do que com doações;

- É gasto 10 vezes mais dinheiro com armas do que com educação básica;

- O Brasil é campe?o mundial de desmatamento. Em segundo lugar está a Indonésia: 18,7 km2 por ano e, em terceiro, segue o Sudão, com 5,9 km2;

- O país perdeu um campo de futebol a cada dez minutos na Amazônia, nos últimos 20
anos.

..:: Agora que você já sabe, vai ficar aí parado? ::..

Tome uma atitude! Milhões de pessoas em pobreza extrema precisam da sua ajuda! Seja Voluntário você também!

..:: Planeta Voluntários ::: Porque ajudar faz bem ::..

10.23.2009

Sigam-nos no Twitter!

Caros amigos leitores,

Depois de alguns meses nos adaptando à ferramenta, iniciamos o uso adequado do Twitter. Notamos que é um meio muito interessante de proporcionar informação de boa qualidade em tempo real a todos nossos leitores, seguidores no caso.

Gostaríamos, então, de convidar a nossos amigos que sigam-nos neste novo universo - pelo menos para nós! rs! Acessem nosso perfil: http://www.twitter.com/aristidesfaria.

Um forte abraço!
Sucesso sempre,
Aristides Faria

10.22.2009

Hôtelier News - ABAV - Barretto não acredita em excesso de hotéis após 2016

"Luiz Barretto, ministro do Turismo, que neste momento participa do ato solene de abertura da Feira das Américas - Abav 2009, afirma que não acredita em excesso de oferta hoteleira após a Copa 2014 e as Olímpiadas 2016.

'Tenho certeza que o próprio mercado vai se regular. Além disso, existem outras alternativas para hospedagem, como navios e empreendimentos imobiliários', aponta o ministro.

Barretto também informa que a hotelaria é um dos quatros eixos prioritários do Ministério na preparação para a Copa. 'A hotelaria está entre os quatro setores que serão aprimorados para a Copa. Os outros três são a promoção, qualificação e infraestrutura do país', enumera."

..:: Matéria completa: Hôtelier News - ABAV - Barretto não acredita em excesso de hotéis após 2016

Programa Au Pair está com inscrições abertas - iG Empregos / Notícias - IG

Programa Au Pair está com inscrições abertas - iG Empregos / Notícias - IG: "São Paulo – A Staff Work, em parceria com a Go Au Pair, está selecionando jovens interessados em conhecer os Estados Unidos, dentro do programa de intercâmbio cultural Au Pair. Para participar, é preciso ter de 18 a 26 anos, inglês intermediário e gostar de crianças. As inscrições vão até 15 de novembro.

Salário - O programa tem duração de 12 a 24 meses e destina-se a jovens do sexo feminino ou masculino. O participante mora em uma casa de família e cuida de crianças. Em troca, recebe um salário semanal de U$ 180 em média e bolsa de estudos no valor de U$ 500 anuais. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais em média, e todas as refeições podem ser feitas na casa da família.

Não existe taxa de agenciamento, apenas um valor deve ser pago para o embarque, mas que será restituído ao final do programa.

Os interessados devem enviar um e-mail para aupair@staffwork.com.br ou entrar em contato pelo telefone (11) 2925-0831, em horário comercial."

10.19.2009

Crônicas de uma vida de RH

Respostas reais dadas por candidatos a emprego, extraídas da Revista Exame.

Entrevistador - Então, você está construindo um networking?
Candidato - Veja bem, eu não sou engenheiro, sou administrador.

Entrevistador - Como você administra a pressão?
Candidato - Ah, tranquilo. 11 por 7, no máximo 12 por 8 .

Entrevistador - Manter sempre o foco é muito importante. E me parece que você tem alguns lapsos de concentração.
Candidato - O senhor poderia repetir a pergunta?

Entrevistador - Como você se sente trabalhando em equipe?
Candidato - Bom, desde que não tenha gente dando palpite, me sinto muito bem.

Entrevistador - Como você se definiria em termos de flexibilidade?
Candidato - Ah, eu faço academia. Sou capaz de encostar o cotovelo na nuca.

Entrevistador - Nós somos uma empresa que nunca pára de perseguir objetivos.
Candidato - Que ótimo. E já conseguiram prender algum?

Entrevistador - Vejo que você demonstra uma tendência para discordar.
Candidato - Muito pelo contrário.

Entrevistador - Em sua opinião, quais seriam os atributos de um bom líder?
Candidato - Ah, são várias coisas. Mas a principal é ter liderança.

Entrevistador - Noto que você não mencionou a sua idade aqui no currículo.
Candidato - É que eu uso óculos, e isso me faz parecer mais velho.

Entrevistador - E qual é a sua idade?
Candidato - Com óculos ou sem óculos?

Entrevistador - Quais seriam seus pontos fracos?
Candidato - Ah, é o joelho. Até tive de parar de jogar futebol.

Entrevistador - Há alguma pergunta que você queria me fazer?
Candidato - Eu parei meu carro lá na rua. Será que eu vou ser multado?

Entrevistador - Por que, dentre tantos candidatos, nós deveríamos contratá-lo?
Candidato - Eu pensei que responder a isto fosse seu trabalho.

Entrevistador - Como você pode contribuir para melhorar nosso ambiente de trabalho?
Candidato - Bem, eu começaria trocando a recepcionista, que é muito feia.

Entrevistador - Várias pessoas que se sentaram aí nessa mesma cadeira hoje são gerentes.
Candidato - Puxa, o fabricante da cadeira vai ficar muito feliz em saber
disso.

Entrevistador - Quando digo 'Sucesso', qual a primeira palavra que lhe vem à mente?
Candidato - Pode ser duas palavras?

Entrevistador - Pode.
Candidato - Milho. Nário. (essa matou!)

A&B: Como evitar demandas trabalhistas

Copa 2014: megaevento esportivo, chance especial para a promoção turística brasileira

Por: Tereza C. Santovito

Para a especialista em Planejamento e Desenvolvimento Turístico, 2014 será uma excelente oportunidade para a fixação da imagem positiva do País.

A Copa 2014 se apresenta como uma excelente oportunidade na área da promoção turística e para a fixação da imagem positiva do Brasil, com uma vantagem sobre as experiências de outras Copas, como a dos Estados Unidos ou da Alemanha. No caso norte-americano, o primeiro desafio era convencer a população da importância do futebol; na Alemanha, apregoar aos alemães sobre a necessidade de “bem receber”, fomentando o tema “O mundo entre amigos”. A nossa Copa será a primeira em dimensões continentais em um país que é realmente apaixonado por futebol.

A Copa Mundial a ser sediada pelo Brasil em 2014 constitui, sem dúvida, o evento de maior espectro nos próximos dez anos, juntamente com os Jogos Olímpicos de 2016 no Rio de Janeiro. Um megaevento que tem como peculiaridade sua ampla abrangência. Mobilizará simultaneamente diversas cidades brasileiras e envolverá todas as regiões. Será de fato a Copa de um país inteiro, uma vez que as cidades-sedes escolhidas estão localizadas em pontos estratégicos, diferentemente da Copa de 50, que foi disputada em apenas seis cidades.

..:: Artigo completo: Ministério do Turismo - A viagem da Copa começa aqui

SITE? BLOG? QUERO NÃO, SEU MOÇO! - COMO A INTERNET É REJEITADA PELOS PEQUENOS EMPRESÁRIOS | Ponto Marketing

"Recentemente visitei, por intermédio do Twitter (finalmente um uso realmente útil!), um site de um microempreendedor do ramo do turismo. Reparei que a página não está lá essas coisas e resolvi abordar o rapaz via telefone. Perguntei sobre a possibilidade de se refazer o tal site a fim de que o mesmo tivesse mais funcionalidade e efetividade, dessa forma contribuindo para a lucratividade da empresa. Infelizmente, o que me passou o empresário foi de que o site não é parte de sua estratégia de marketing, portanto não tendo sido feito como meio para atrair clientes e fechar negócios. Tivemos uma boa conversa sobre internet e sua evolução, mas não acertamos nenhum orçamento. Uma ótima conversa com um cara amistoso e receptivo, mas uma infeliz notícia: mais um empresário que não entende a Internet como uma aliada e sim como um “mal necessário”."

..:: Artigo completo aqui: SITE? BLOG? QUERO NÃO, SEU MOÇO! - COMO A INTERNET É REJEITADA PELOS PEQUENOS EMPRESÁRIOS | Ponto Marketing

Internet além das reservas online: mídias sociais

Contato com pessoas diferentes e do mundo inteiro, dinamismo, falta de rotina e agilidade: estamos falando de um hotel ou da internet? Esses dois universos que apresentam tantas coisas em comum estão cada vez mais interligados.

Só no que diz respeito a reservas on line, temos exemplos como a Hoteis.com, que vai investir cerca de US$ 2 bilhões para ter crescimento de 300% no Brasil; o Real Classic Hotel, no qual 86% das reservas são feitas por alguma ferramenta online e a Atlantica Hotels que conseguiu aumento de 57% no acumulado até agosto.

A Hotel 10 teve um incremento de 150% após reformulação de seu site e também a Accor Hospitality está promovendo mudanças em sua página, a qual terá um link para contas pessoais. Outro meio de hospedagem que tem intenção de aumentar o número de reservas nesta modalidade é o Mantra, localizado no Uruguai. A expectativa é obter um crescimento de 15% depois da reestruturação do site.

Embora esses números cresçam cada vez mais, não há nenhuma novidade em se usar a internet para facilitar o processo de reservas. A utilização da web para reforçar os conceitos citados no primeiro parágrafo, referentes ao relacionamento pessoal, é que têm chamado atenção. Entre as principais ferramentas estão os Blogs, Orkut e o Facebook, mas aquela que se destaca atualmente é o Twitter - um serviço de micro blog, no qual as pessoas podem publicar mensagens de até 140 caracteres e escolher outras pessoas de quem elas verão os recados. Só nós aqui do Hôtelier News seguimos cerca de 45 empreendimentos e redes hoteleiras - sim, nós também temos: www.twitter.com/hoteliernews.

Fábio Elói de Oliveira, profissional graduado em Jornalismo pela Universidade Metodista de São Paulo e com MBA em Planejamento e Gestão Estratégica de Marketing pelo Centro Universitário Fundação Santo André, explica que a rapidez com que uma marca pode ser consolidada com o uso das mídias sociais é um dos pontos fundamentais da questão. "O feedback é imediato e a propagação das informações também. Por isso é necessário ser transparente e cauteloso", diz.

O Beach Park, localizado no Ceará, aproveitou uma de suas personagens - a Dona Foca - para interagir com os hóspedes. A @donafoca conta quem foram os visitantes famosos e indica jogos disponíveis no site do empreendimento.

..:: Continue a leitura no Portal Hôtelier News ::..

10.18.2009

Aviso Prévio – Regras Gerais


Por: Larissa Miguel

Nas relações trabalhistas os contratos vigoram, em regra, por tempo indeterminado (devido ao principio da continuidade da prestação dos serviços).

Nesses termos, a parte que deseja colocar fim a relação empregatícia deve comunicar a outra parte tal intenção de forma previa, quando tratar-se de dispensa/pedido de demissão sem justificativa.

O aviso prévio, seja de dispensa ou de pedido de demissão, pode ser indenizado ou trabalhado.

Quando trabalhado, o aviso prévio pretende que o trabalhador possa recolocar-se no mercado de trabalho, quando este é dispensado, e que o empregador tenha tempo hábil para encontrar alguém capacitado para a função, em caso de pedido de demissão formulado pelo trabalhador.
Na situação em que há a dispensa do trabalhador, este tem o direito de optar entre cumprir uma jornada de trabalho reduzida em duas horas diárias (seja saindo mais cedo, ou chegando mais tarde ao local de trabalho), ou ausentar-se por uma semana corrida dentro daquele período do aviso prévio.
Quando a opção é pelo aviso prévio indenizado, seja este concedido por qualquer uma das partes da relação empregatícia, dá a parte comunicada o direito de receber o valor do salário correspondente ao período do aviso prévio.
O prazo para que seja cumprido o aviso prévio é de, pelo menos, 30 dias, e começa a contar do dia seguinte ao da comunicação da dispensa/pedido de demissão (sumula 380 do TST), que deve ser entregue por escrito ao notificado.

Ademais, o período de duração do aviso prévio, seja ele indenizado ou trabalhado, é tido como tempo efetivo de serviço. Desta feita, é considerado para cálculos relativos ao pagamento proporcional de férias, 13º salário, e demais indenizações.

Nos casos de contratos por tempo determinado, o aviso prévio não é exigido, vez que quando da celebração do contrato as partes já estavam cientes da data certa para seu fim.

A exceção ocorre quando tais contratos possuem cláusula que permita que o contrato seja rescindido por qualquer uma das partes antes daquele prazo pré-fixado. Nestes casos, considerar-se-á como um contrato por tempo indeterminado, e será exigido o aviso prévio.

A mesma lógica aplica-se aos contratos de experiência. Conforme o próprio TST determinou através da Súmula 163, cabe a aplicação do aviso prévio nas rescisões antecipadas dos contratos de experiência, na forma do artigo 481 da CLT.

O procedimento do aviso prévio deve respeitar a seguinte ordem: deve ser entregue por escrito, em 3 vias (uma permanece com o empregado, outra com o empregador, e a terceira deve ser anexada ao recibo de quitação das verbas rescisórias).

É, ainda, aconselhável que o aviso seja entregue na presença de duas testemunhas, que garantirão a veracidade dos fatos caso a pessoa que esteja sendo notificada recuse-se a exarar seu visto no documento.

Ponto que deve ser esclarecido é que o período de férias e aviso prévio não podem ser confundidos, tratam-se de direitos distintos e que não devem ser gozados em um mesmo período.

Tal regra também se aplica àquelas situações em que o empregado goza de período de garantia de emprego. O aviso prévio, ou seja, a comunicação da dispensa só pode se dar posteriormente ao termino de tal período.

Exemplo usual trata-se da empregada gestante: desde a comprovação da gravidez até cinco meses após o parto ela não pode receber a comunicação da despensa nem gozar o período de aviso prévio, em nenhuma hipótese.

Os apontamentos trazidos até o presente momento tratam-se de apontamentos gerais sobre o tema, havendo maiores duvidas ou comentários, a área de comentários do blog esta disponível, bem como meu email: lmof@aasp.org.br.

Santos Campeão da Copa Libertadores

Olá pessoal!
Hoje (18) estou com meu amigo JP Pucciariello na Vila mais famosa do mundo... A Vila Belmiro, aonde é a sede do Santos Futebol Clube.
Estamos acompanhando um momento histórico... As Sereias da Vila serão em poucos minutos Campeãs da Copa Libertadores da América de Futebol Feminino!!!
Pra cima delas, Santos!!
Um ótimo domingo, moçada!!
Sucesso sempre,
Aristides Faria


10.17.2009

Cubatão (SP): Confecom

Caros amigos,

Escrevo diretamente da I Conferência Municipal de Comunicação de Cubatão, litoral paulista. O evento conta com palestra do ilustre jornalista Luiz Carlos Azenha (Rede Record). Os debates foram conduzidos pelo Jornalista Carlos Mauri e pelo Arquiteto Pedro Ekmam (Intervozes).

As falas fazem vibrar os amantes da comunicação e alegra muito sobre as perspectivas que abrem-se ao município de Cubatão.

Parabenizo aos organizadores e aos participantes que fazem - nesse exato momento - a cidade (re)pensar suas posturas no campo comunicação.

Um forte abraço!
Sucesso sempre,
Aristides Faria

10.16.2009

Revista Melhor - Gestão de Pessoas

"Em 2008, numa petroquímica de Pernambuco, o especialista em gestão do conhecimento em ambiente web Carlos Nepomuceno faz uma palestra sobre colaboração e as redes corporativas de conhecimento. Ele fala de Capitalismo 2.0 e exalta o uso corporativo de mídias sociais como blogs, wikis e redes de relacionamento do tipo Orkut. Segundo ele, são ferramentas revolucionárias pela capacidade de gerar competitividade com base na gestão do conhecimento colaborativo. Uma funcionária pede a palavra: 'É bonito o que você diz, mas ou eu blogo ou trabalho'. Ela usa o neologismo 'blogar': publicar artigos num blog, corruptela de weblog cuja tradução possível é diário de bordo on-line.

Foi um diário de bordo que revolucionou o conhecimento humano há 171 anos. Em 1859, o naturalista britânico Charles Darwin publicava o livro A Origem das Espécies. Sua teoria da seleção natural reviu a evolução da vida no planeta e mudou a antropologia, sociologia, medicina, psicologia, política e teologia."

..:: Matéria completa: Revista Melhor - Gestão de Pessoas

10.14.2009

Profissional de Turismo - a multiplicidade de serviços - Turismo e Hotelaria

Profissional de Turismo - a multiplicidade de serviços - Turismo e Hotelaria: "O turismo é uma atividade extremamente complexa que demanda uma forte dedicação por parte dos novos profissionais que pretendem ingressar nesta área. Tanto alunos de graduação como profissionais de outras áreas que estão buscando se inserir no mercado de trabalho em turismo deverá traçar metas para atingir a excelência profissional.

A profissão envolve uma multiplicidade de serviços: transporte, hospedagem, alimentação, agenciamento, trabalho de intérprete e tradutor, guias turísticos, organização de eventos, entretenimento, etc. São muitas empresas e profissionais envolvidos, diversas interações e etapas a serem percorridas, tornando a atividade complexa e de difícil mensuração. O Turismo no Brasil está apenas 'engatinhando'. Infelizmente, os interesses políticos ainda falam mais alto. Nosso país tem um grande potencial e é pouco explorado. É preciso conscientizar as pessoas de que é possível realizar o turismo sustentável, responsável. O potencial do Brasil é um dos mais diversificados e com o apoio necessário do Governo, o país pode se tornar um dos principais destinos turísticos do mundo."

10.11.2009

Rio 2016: Política Pública de Inclusão ou Fracasso Total

Por: Prof. João dos Santos Filho

A lógica do Estado mínimo, essência do neoliberalismo caiu totalmente em descrédito, economistas apavorados são obrigados a recolocar novamente o papel fundamental do capital estatal para que o sistema erga-se da crise econômica e política que foi sentida mundialmente. Parece que o cadáver do Estado do Bem Estar Social não consegue descansar em paz, pois além de demonstrar que sua negação foi um grande equívoco para o capitalismo, atualmente esta sendo objeto de grandes debates para que seja reerguido em parte.

..:: Clique aqui e faça o download do artigo completo ::..

Motivação: Balboa não é só músculos!

10.10.2009

[RH em Hospitalidade]: dois anos no gás!

Caros amigos leitores,

Nesta manhã fria de sábado aqui em Santos (SP) páro para escrever um pouco de nossa história e compartilhar um tanto de nossos sonhos. O fato é que completamos no último dia 03 de outubro dois anos de nascimento. Nessa data publicamos nossa primeira postagem no desconhecido universo dos blogs, ou na "blogosfera".

Como já escrevi algumas vezes aqui, o projeto nasceu um tanto desacreditado até por mim. Não por pessimismo, mas por pura ignorância quanto as alegrias que o futuro nos reservava a partir daquele instante. Em uma manhã iagualmente gelada em Florianópolis (SC) - aonde morei por sete anos -, após ler uma matéria no caderno de informática do jornal Folha de São Paulo (o que muito raramente fazia) acessei a página do Blogger e iniciei o trabalho.


O processo foi lento e motivo de riso para muitos descrentes. Isso é normal e tranquilo para mim, que sempre empreendi e busquei alternativas aos problemas que a vida - pessoal ou profissional - impôs, ou tentou impôr, em meu caminho. Daí vem o nosso compromisso: Profissionalismo & Pioneirismo.

Rasgando o caderno de marketing e esquecendo um pouco as aulas do professor Victor Ferreira nos tempos da faculdade resolvi fundir "Missão", "Visão", "Valores" e "Slogan". Todos compõem esses ideais, que soam diariamente para mim como o comprimisso que abracei em meu negócio: Profissinalismo & Pioneirismo. E me orgulho disso. Me orgulho de, junto a meus parceiros, poder fazer frente a esse (auto)desafio.

Somos hoje uma empresa de treinamentos na área de Turismo & Hotelaria. Graças a Deus faço o que amo. Agradeço todos os dias por essa oportunidade, que é uma derivação de uma série de outras experiências de vida e carreira. Deus colocou pessoas maravilhosas em meu caminho, me proporcionou chances e me furtou algumas delas. E isso foi fantástico!

Em alguns momentos, confesso, pensei em arranjer logo um emprego e postergar esse sonho em vista das dificuldades. Tão logo, ao pesar os prós e contras, me lancei ao cyberspaço e investi todos os dias destes últimos dois anos neste projeto.

De certo modo é um projeto idealista. Percebam, sou Bacharel em Turismo (UNISUL) e Especialista em Gestão de Recursos Humanos (UFSC). Ao unir "RH" "em" "Hospitalidade" fundi, também estes dois conceitos, estes dois universos. É, pois, um sonho que vem de longe...

..:: Por que não [RH "e" Hospitalidade]? ::..

A resposta,hoje, é simples, mas nem sempre foi assim. Houve momentos de crise de identidade, assumo. Atualmente, em amadurecimento ainda, convictos daquilo que somos, respondo: Desejo os conceitos e boas práticas em gestão de pessoas DENTRO, INDISCOSSIÁVEIS da Hospitalidade. Se utilizássemos "e", esteríamos apenas ladeando estes universos tão fantásticos. E, definitivamente, não é isso que pretendemos.


Esse projeto, saibam, será sem fim. Já atingiu um nível em que sua inexistência deixaria uma lacuna. Não é pretensão. Seria se eu estivesse fazendo alusão ao mercado... mas estou fazendo referência à vida das pessoas. Tivemos, nesses dois anos, a bênção de fazer parte da vida de pessoas que precisaram de nossa orientação, serviços ou meras dicas.

Após dez anos de carreira, completos no início de 2010, agradeço muito a Deus por ter saído da posição de estudante para passar a de empresário. Sim, poderia, talvez ter feito isso antes, mas não teria a base sólida que temos hoje. Não me refiro apenas a conhecimentos ou experiências... falo das pessoas que compõem nosso time.

Dedico todo o sucesso que obtivemos e que venhamos a obter às pessoas que acreditaram no brilho de nossos olhos muito mais do que em nossas palavras ou outras aparências. Só posso agradecer de todo o coração aos amigos que fiz por conta deste projeto de vida. Saibam que faço tudo o que faço com todo o amor que um profissional pode dedicar a sua carreira.

O que pode parecer uma onda, uma brincadeira de internet ou um passa-tempo, para mim é a razão de minha carreira. Juntos - editor, parceiros, clientes, fornecedores, leitores - somos insuperáveis. É com base sólida, relacionamentos transparentes, duradouros e éticos e muito amor e dedicação que conduzimos o blog e a empresa.

Se as taxas de mortalidade empresarial são as mais alarmantes nos primeiros cinco anos... vejo que, para quem tem dois aninhos apenas, estamos caminhando muito bem!

..:: Alguns resultados ::..

Escrever sobre resultados é um tanto complicado, pois estamos trabalhando fortemente no sentido de construir reputação e formar uma intensa rede de comunicação entre profissionais de áreas pertinentes a nosso negócio. Bem, vamos a alguns deles...

..:: Parceiros em todo país. Projetos em andamento em diversos Estados;

..:: Artigos publicados em anais de eventos de mais de cinco Estados brasileiros;

..:: Textos para colunas de websites de várias regiões;

..:: Clientes atendidos em vários países;

..:: 47.000 acessos ao blog e parcerias de gestão com cinco blogs;

..:: Mailing de aproximadamente 25.000 endereços;

..:: Lançamento do blog da ABBTUR São Paulo;

..:: Top 100 blog da variedades no campo Profissional;

..:: Aproximadamente 100 acessos por dia;

..:: Alto grau de destaque em buscadores na internet;

..:: Lançamento do Portal no Congresso da Intercom, maior evento científico de comunicação da América Latina, entre outras publicações.

Escolhi algumas imagens para ilustrar os momentos mágicos que permearam o desenvolvimento de nosso blog e empresa. São encontros, festas e momentos que marcaram minha vida nos últimos dois anos. Melhor do que explicar cada uma dessas fotografias, prefiro sugerir que sintam a alegria e o amor que compartilhamos. Basta dizer que são amigos e parentes (dá para notar, não?). No finalzinho, apresento três kanjis... HONRA, ORGULHO e LEALDADE, que resumem tudo...

Muito, muito obrigado, moçada! Estejam por perto!

Um forte abraço!
Sucesso sempre,
Aristides Faria

10.08.2009

Coma os morangos

Um sujeito estava caindo em um barranco e se agarrou às raízes de uma árvore.

Em cima do barranco, havia um urso imenso querendo devorá-lo.

O urso rosnava, mostrava os dentes, babava de ansiedade pelo prato que tinha à sua frente.

Embaixo, prontas para engoli-lo quando caísse, estavam nada mais nada menos do que seis onças tremendamente famintas.

Ele erguia a cabeça, olhava para cima e via o urso rosnando.

Abaixava depressa a cabeça para não perde-la na sua boca
.

Quando o urso dava uma folga, ouvia o urro das onças, próximas de seu pé.

As onças embaixo querendo come-lo, e o urso em cima querendo devora-lo.

Em determinado momento, ele olhou para o lado esquerdo e viu um morango vermelho, lindo, com aquelas escamas douradas refletindo o sol.

Num esforço supremo, apoiou seu corpo, sustentado apenas pela mão direita, e, com a esquerda, pegou o morango.

Quando pode olha-lo melhor, ficou inebriado com sua beleza.

Então, levou o morango a boca e se deliciou com o sabor doce e suculento.

Foi um prazer supremo comer aquele morango tão gostoso
.

Talvez você me pergunte: "Mas, e o urso?" Dane-se o urso e coma os morangos!

E as onças? Azar das onças, coma os morangos! As vezes, você esta em sua casa no final de semana com seus filhos e amigos, comendo um churrasco.

Percebendo seu mau humor, seu(sua) esposa(o) lhe diz: - Meu bem, relaxe e aproveite o domingo!

E você, chateado(a), responde: "Como posso curtir o domingo se amanhã vai ter um monte de ursos querendo me pegar na empresa?" Relaxe e viva um dia por vez:

Coma o morango. Problemas acontecem na vida de todos nós, até o último suspiro
.

Sempre existirão ursos querendo comer nossas cabeças e onças, arrancar nossos pés. Isso faz parte da vida, é importante saber comer os morangos, sempre.

A gente não pode deixar de come-los só porque existem ursos e onças.

Você pode argumentar: Eu tenho muitos problemas para resolver.

Problemas não impedem ninguém de ser feliz. O fato de seu chefe ser um chato não é motivo para você deixar de gostar de seu trabalho.

O fato de sua mulher estar com tensão pré-menstrual não os impede de tomar sorvete juntos
.

O fato do seu filho ir mal na escola não e razão para não dar um passeio pelo campo.

Coma o morango, não deixe que ele escape.

Poderá não haver outra oportunidade para experimentar algo tão saboroso.

Saboreie os bons momentos. Sempre existirão ursos, onças e morangos. Eles fazem parte da vida.

Mas o importante é saber aproveitar o morango, porque o urso e a onça não dão tempo para aproveitar.

Coma o morango quando ele aparecer. Não deixe para depois. O melhor momento para ser feliz é agora. O futuro é ilusão que sempre será diferente do que imaginamos.

As pessoas vê o sucesso como uma miragem.

Como aquela historia da cenoura pendurada na frente do burro que nunca a alcança.

As pessoas visualizam metas e, quando as realizam, descobrem que elas não trouxeram felicidade. Então, continuam avançando e inventam outras metas que também não as tornam felizes.

Vivem esperando o dia em que alcançarão algo que as deixarão felizes
.

Elas esquecem que a felicidade e construída todos os dias.

A felicidade não e algo que você vai conquistar fora de você. A felicidade é algo que vive dentro de você, de seu coração.

Gestão estratégica em 6 aulas


..:: AULA 1 ::..

Um homem está entrando no chuveiro enquanto sua mulher acaba de sair e está se enxugando. A campainha da porta toca. Depois de alguns segundos de discussão para ver quem iria atender a porta a mulher desiste, se enrola na toalha e desce as escadas. Quando ela abre a porta, vê o vizinho Nestor em pé na soleira. Antes que ela possa dizer qualquer coisa, Nestor diz: - Eu lhe dou 3.000 reais se você deixar cair esta toalha!!! Depois de pensar por alguns segundos, a mulher deixa a toalha cair e fica nua. Nestor então entrega a ela os 3.000 reais prometidos e vai embora. Confusa, mas excitada com sua sorte, a mulher se enrola de novo na toalha e volta para o quarto.

Quando ela entra no quarto, o marido grita do chuveiro: - Quem era ? ?? - Era o Nestor, o vizinho da casa ao lado, diz ela. - Ótimo!!! Ele lhe deu os 3.000 reais que ele estava me devendo??

Conclusão: *Se você compartilha informações a tempo, você pode prevenir exposições desnecessárias*.

..:: AULA 2 ::..

Um padre está dirigindo por uma estrada quando um vê uma freira em pé no acostamento. Ele para e oferece uma carona que a freira aceita. Ela entra no carro, cruza as pernas revelando suas lindas pernas. O padre se descontrola e quase bate com o carro. Depois de conseguir controlar o carro e evitar acidente ele não resiste e coloca a mão na perna da freira.

A freira olha para ele e diz:
- Padre , lembre-se do Salmo 129!

O padre sem graça se desculpa:

- Desculpe Irmã, a carne é fraca... E tira a mão da perna da freira.

Mais uma vez a freira diz:
- Padre, lembre-se do Salmo 129!

Chegando ao seu destino a freira agradece e, com um sorriso enigmático, desce do carro e entra no convento. Assim que chega à igreja o padre corre para as Escrituras para ler o Salmo 129, que diz: ' Vá em frente, persista, mais acima encontrarás a glória do paraíso'.

Conclusão: *Se você não está bem informado sobre o seu trabalho, você pode perder excelentes oportunidades*.

..:: AULA 3 ::..

Dois funcionários e o gerente de uma empresa saem para almoçar e na rua encontram uma antiga lâmpada a óleo. Eles esfregam a lâmpada e de dentro dela sai um gênio.

O gênio diz:

- Eu só posso conceder três desejos, então, concederei um a cada um de vocês!

- Eu primeiro, eu primeiro.' grita um dos funcionários... Eu quero estar nas Bahamas
dirigindo um barco, sem ter nenhuma preocupação na vida ' .... Pufff e
ele foi.

O outro funcionário se apressa a fazer o seu pedido:

- Eu quero estar no Havaí, com o amor da minha vida e um provimento interminável de pina coladas !!! Puff e ele se foi .

- Agora você - diz o gênio para o gerente.

- Eu quero aqueles dois de volta ao escritório logo depois do almoço para uma reunião!

Conclusão: *Deixe sempre o seu chefe falar primeiro*.

..:: AULA 4 ::..

Na África todas as manhãs o veadinho acorda sabendo que deverá conseguir correr mais do que o leão se quiser se manter vivo. Todas as manhãs o leão acorda sabendo que deverá correr mais que o veadinho se não quiser morrer de fome.

Conclusão: *Não faz diferença se você é veadinho ou leão, quando o sol nascer você tem que começar a correr.*

..:: AULA 5 ::..

Um corvo está sentado numa árvore o dia inteiro sem fazer nada.

Um pequeno coelho vê o corvo e pergunta:

- Eu posso sentar como você e não fazer nada o dia inteiro?

O corvo responde:

- Claro, porque não?

O coelho senta no chão embaixo da árvore e relaxa. De repente uma raposa aparece e come o coelho.

Conclusão: *Para ficar sentado sem fazer nada, você deve estar no topo *.

..:: AULA 6 ::..

Um fazendeiro resolve colher algumas frutas em sua propriedade, pega um balde vazio e segue rumo às árvores frutíferas. No caminho ao passar por uma lagoa, ouve vozes femininas que provavelmente invadiram suas terras.

Ao se aproximar lentamente, observa várias belas garotas nuas se banhando na lagoa, quando elas percebem a sua presença, nadam até a parte mais profunda da lagoa e gritam:

- Nós não vamos sair daqui enquanto você não deixar de nos espiar e for embora.

O fazendeiro responde:

- Eu não vim aqui para espiar vocês, eu só vim alimentar os jacarés!

Conclusão: *A criatividade é o que faz a diferença na hora de atingirmos nossos objetivos mais rapidamente*

ECA Jr: 10º Veredas acontece neste mês

..:: Grandes Eventos na Cidade de São Paulo e Sua Influência no Turismo ::..

Evento universitário mostrará aos turismólogos que o ramo não se resume apenas às agências e hotéis. Acontecerá no dia 27 de Outubro, na Cidade Universitária, a 10ª edição do Veredas. A palestrante convidada, Raquel Verdenacci, abordará os principais eventos da cidade de São Paulo e seus impactos em diversos setores, com enfoque no mercado turístico.

A dinâmica do mercado turístico requer que os profissionais estejam sempre atualizados e, para tal, a Agência de Comunicações ECA Jr.¹ criou o Veredas, um evento gratuito, voltado aos alunos de Turismo. “Lugares Exóticos”, “Turismo Mochileiro” e “Turismo Sexual” já foram temas tratados em edições passadas.

A cidade de São Paulo posiciona-se em destaque no mercado mundial devido aos eventos que complementam o ramo turístico. Grandes eventos como o GP de Fórmula 1, a Parada do Orgulho GLBT e o Carnaval movimentam diversos setores, além de promover o intercâmbio cultural e estimular significantemente a economia.

Como diretora de ações estratégicas da SPturis, Raquel Verdenacci, trará suas experiências adquiridas no mercado e contará ao público como os profissionais de Turismo podem contribuir com os eventos.

São apoiadores do 10º Veredas a Associação da Parada do Orgulho GLBT, a Editora Aleph, Editora Roca, o São Paulo Convention & Visitors Bureau, a SPturis e a Trio Alimentos.

Data: 27 de Outubro de 2009
Horário: 19h30min
Local: Auditório do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (IP-USP)
Inscrições: através do e-mail veredas@ecajr.com.br, pelo site ou diretamente na Agência ECA Jr.

..:: Entrada franca ::..

..:: Saiba mais ::..

¹ A Agência de Comunicações ECA Jr. é uma associação formada apenas por alunos da USP dos cursos de Publicidade e Propaganda, Relações Públicas e Turismo, atuando ativamente nessas áreas. A ECA Jr. localiza-se à Av. Prof. Lúcio Martins Rodrigues, 443, Prédio 3 – Cidade Universitária - São Paulo-SP.

Atenciosamente,

Ana Cristina Tome e Rodrigo Lopes de Oliveira
Assessores de Turismo

10.06.2009

Guarulhos: Conferência Municipal de Turismo

Acontece no próximo dia 08 de outubro, em Guarulhos (SP), a Conferência Municipal de Turismo. O evento está em sua sétima edição e é uma realização da Prefeitura Municipal de Guarulhos por meio do Comtur local.

A VII Conferêcia Municipal de Turismo de Guarulhos tem apoio do Guarulhos Convention & Visitors Bureau, da Infraero, do Sebrae São Paulo, da Universidade Guarulhos (UNG), do Sincomércio Guarulhos e da Editora Refestelo.

..:: Serviço ::..

Clique aqui e faça o download do folder oficial do evento, que apresenta a programação completa da Conferência.

10.05.2009

Nota 10 - Notícias Diárias de Educação

Nota 10 - Notícias Diárias de Educação: "O presente artigo faz uma caminhada entre alguns itens que permeiam a relação humana. Inicialmente, descreve a afetividade como premissa fundamental para que a comunicação aconteça. Mas referenda o valor da imagem corporal e autoimagem para que se possa garantir a comunicação autônoma do indivíduo.

Afetividade é um termo amplo, relacionado ao sentimento e a busca por relacionamentos sociais onde se percebem as manifestações relativas às emoções. Por consequência, falar em afetividade implica falar em comunicação genuína. Falar em comunicação nos remete a ocupar um espaço na relação com alguém.

Ao considerar o sujeito no mundo como corpo deste; que sente, sabe e compreende, Merleau Ponty assinala que é fundamental voltar-se para a experiência original de cada um de nós que é pré-consciente pré-emocional e pré-categorial. 'O corpo é eminentemente um espaço expressivo/.../não é apenas um espaço expressivo entre todos os outros... é a origem de todos os outros o próprio momento de expressão, aquilo que projeta as significações no exterior dando-lhes um lugar, ... o corpo é o nosso meio geral de ter um mundo” (Merleau Ponty, 1999, pp.202, 203)."

Revista Pesquisas em Turismo e Paizagens Cársticas

Por: Marcelo Augusto Rasteiro (SBE 1089) - Editor Executivo da PTPC

A Seção de Espeleoturismo da SBE (SeTur/SBE) acaba de disponibilizar mais um número da revista científica Pesquisas em Turismo e Paisagens Cárticas (PTPC). Este número (vol.2 n.1) é dedicado ao Geoturismo e teve como editores especialmente convidados os pesquisadores Dr. Marcos Antonio Leite do Nascimento e Dra. Úrsula Ruchkys de Azevedo.

..:: Artigos Originais ::..

Geoturismo no Parque Estadual de Vila Velha: nas trilhas da dissolução. Ricardo Letenski, Gilson Burigo Guimarães, Gil Francisco Piekarz & Mário Sérgio de Melo

A Caverna do Eremita, Parque Kozjansko, Eslovênia. Luiz Eduardo Panisset Travassos

Geoturismo: uma nova forma de atração turística estudo de caso na alta bacia do rio Corumbataí, São Paulo, Brasil. André Riani Costa Perinotto

Análise Geológica, Geomorfológica e Turística do Parque Estadual da Serra dos Martírios-Andorinhas: potencial para o geoturismo. Silvio Lima Figueiredo & Paulo Sergio de Sousa Gorayeb

Geomorfologia Fluvial e Geoturismo – O Potencial Turístico de Quedas D'água do Município de Indianópolis, Minas Gerais. Lilian Carla Moreira Bento & Sílvio Carlos Rodrigues

O Desenvolvimento do Geoturismo no Município de Porto do Mangue/RN com Base no Complexo “Dunas do Rosado”: patrimônio geológico potiguar. Luis Felipe Fernandes Barros

O Turismo de Natureza como Atrativo Turístico do Município de Portalegre, Rio Grande do Norte. Fernanda Cauper Viana & Marcos Antonio Leite do Nascimento

Esta edição da revista pode ser baixada gratuitamente em PDF na íntegra ou por artigos na página: www.sbe.com.br/ptpc_v2_n1.asp

..:: PRÓXIMA EDIÇÃO DA PTPC ::..

A comissão editorial já está recebendo artigos para a próxima edição (vol.2 n.2)

prevista para dezembro de 2009. As normas para confecção e submissão de originais, bem como, todas edições da revista estão disponíveis gratuitamente a qualquer interessado na página: www.sbe.com.br/turismo.asp

10.03.2009

Sábado Legal: Pensamentos, Mudanças e Soluções

Por: Larissa Miguel

Esta semana, depois de algumas situações, parei para pensar na situação social que presenciamos atualmente, sobre a influência do “mundo jurídico” na vida da população e vice versa.

É notório que vivemos cercados por leis, muitas vezes nem as notamos, seja pela usualidade com que as encaramos ou pela falta de percepção. Contudo, há leis que nos intrigam, nos indignam... Leis, que muitas vezes não servem para nada (desculpem os legalistas de plantão, mas é a mais vã realidade).

Buscarei, ou não, um pouco de fundamento para algumas leis. Vamos lá:

Desde os primórdios da democracia temos que tudo que não é expressamente proibido em lei, é permitido. A prática, no entanto, nos leva a crer que não basta ser proibido, precisamos que haja uma penalidade aplicável. Lei sem sanção, não funciona.

Temos por base as mais novas leis que mexeram com o cotidiano do brasileiro: a lei que proíbe a ingestão de bebidas alcoólicas antes de dirigir e a lei anti-fumo. Depois dessas leis, a vida ficou mais saudável, e o numero de acidentes automobilísticos diminuiu.
A questão é a seguinte: porque o povo, em geral, apenas aprende a respeitar os outros quando não respeitar se torna crime? Ou quando são impostas multas e sanções administrativas?
A verdade é que quanto mais liberdade nos é dada, seja através da democracia, liberdade de expressão, capitalismo... entre outros, mais precisamos de lei que preveja regras para o bom convívio entre cidadãos, que apesar de extremamente livres, não sabem respeitar uns aos outros.

Conclusão, a tendência, no meu sincero ponto de vista, é que cada vez mais teremos leis prevendo as situações mais comuns do nosso cotidiano. Uma liberdade organizada. Isso, até que ponto poderá ser chamada de liberdade...

Reformulando, não estou aqui sendo contra ou a favor das leis citadas, muito pelo contrario, são leis para as quais eu bato palmas! Questiono apenas a aplicação de tais leis, que só se tornam eficazes quando mexem no bolso do brasileiro.

Por fim, adentrando ao tema do meio ambiente e da sustentabilidade, porque precisamos de uma lei para inibir o uso de sacolas plásticas? Não basta que cada um faça a sua parte para um mundo melhor?

Enfim, leis temos aos montes, mas elas só serão realmente eficazes quando nos tornarmos um povo consciente de nossas obrigações e deveres uns com os outros. Enquanto esse dia utópico não chega, melhor continuarmos com a aplicação de multas e etc., o que feliz (e infelizmente) vem dando algum resultado.

10.02.2009

Parabéns, Brasil!

Assim nasceu o 'Super RH'

Por: Auri Rodrigues Filho*. O autor conta como e por que a Área de Gestão de Pessoas assumiu a responsabilidade de elaborar e conduzir todo o planejamento estratégico da Ferramentas Gerais

Quando o departamento de Recursos Humanos de uma empresa se transforma em "Área de Gestão de Pessoas", é preciso mudar mais do que a plaquinha que fica na porta do setor. É necessário, também, formar uma equipe estruturada e alinhada com os objetivos e metas da organização. Uma equipe que seja capaz de enxergar a parte submersa do iceberg lá onde se encontram as percepções, sentimentos, atitudes, valores e comportamentos que regem a organização. E de executar um conceito bastante difundido, mas ainda pouco praticado: o de que as pessoas têm um papel estratégico no ambiente corporativo.

A Ferramentas Gerais inovou ao colocar em prática esse discurso. Agora, o Planejamento Estratégico da empresa parte de dentro do RH - ou melhor, da "Área de Gestão de Pessoas". Trata-se de uma mudança essencial, que traduz não só uma tendência, mas uma necessidade da organização como um todo. O discurso de que "empresas são feitas por pessoas" precisa ser aplicado na prática. Vivenciar essa nova experiência é algo que oportuniza a ampliação dos horizontes, a identificação de novos rumos e o aumento do leque de ideias por parte dos colaboradores. É justamente aí que a empresa ganha em vantagem competitiva.

Na prática, o que muda é o raciocínio que guia a gestão do Planejamento Estratégico. Antes, escolhíamos um caminho e depois, as pessoas para trilhá-lo. Hoje, escolhemos as pessoas e elas é que indicam o caminho. A própria mudança de nome do departamento de Recursos Humanos, que passou a se chamar "Área de Gestão de Pessoas", reflete essa nova realidade. Geralmente, o termo "recurso" é associado à área financeira ou tecnológica. É comum pensar em "recurso" como uma coisa ou um objeto, e não como uma pessoa. Daí a troca do nome: se pessoas são diferentes de recursos, nada mais lógico do que colocar "pessoas" no nome dessa área tão importante.

..:: Gestão de pessoas ::..

Para encarar esse desafio, é preciso que todas as pessoas que atuam na Área de Gestão de Pessoas tenham o planejamento em mente. A forma que encontramos para mudar a cultura dos colaboradores que atuavam no RH foi criar uma ferramenta palpável, que eles pudessem tocar, ver e ouvir todo dia. Foi assim que nasceu o "Modelo de Gestão de Pessoas". Trata-se do Planejamento Estratégico da empresa desdobrado para dentro da área. Na prática, nada mais é do que os objetivos gerais da corporação traduzidos para os limites nos quais podemos atuar.

No modelo estão descritos desde o objetivo principal da Ferramentas Gerais - "Vender Mais, Melhor e Sempre" - até o desdobramento dentro da Área de Gestão de Pessoas, que tem a missão de transformar 2 mil colaboradores em 2 mil vendedores. A partir daí, tornamos mais explícitos os planos estratégicos, táticos e operacionais da empresa, permitindo que as pessoas tenham uma visão macro, saibam entendê-la e principalmente, discuti-la.

..:: Mudança organizacional ::..

A cultura da Ferramentas Gerais e de seu presidente, Marcelo Favieiro, é fortemente alicerçada em um tripé: Tecnologia, Disponibilidade e Pessoas. Trata-se de uma premissa fundamental para o desenvolvimento e crescimento da empresa no longo prazo. Nesse contexto, a mudança relegou à Área de Gestão de Pessoas uma atuação estratégica ativa. A área é responsável por proporcionar o desenvolvimento pessoal e profissional a todos os colaboradores para que, em equipe, eles possam atingir os objetivos estratégicos construídos pelo próprio grupo.

Até o momento, o impacto da mudança tem sido muito positivo, tanto em relação ao público interno quanto ao externo. Nossos stakeholders têm, hoje, um entendimento muito mais claro de quais são as atribuições da Área de Gestão de Pessoas. Eles sabem que a área participa ativamente dos assuntos estratégicos da empresa - isto é, que discute o futuro da organização e tem um papel fundamental na construção do nosso Planejamento Estratégico. Ao mesmo tempo, os colaboradores e os gestores reconhecem a importância dessa nova abordagem - o que fica claro ao início de cada novo projeto ou ação.

É um trabalho de longo prazo. As pessoas, de um modo geral, estavam descrentes de que seria possível praticar a teoria e fazer com que a área de Recursos Humanos atuasse estrategicamente. A superação dessas dificuldades se deu, principalmente, com a entrega de resultados, quando as pessoas começaram a sentir os efeitos de toda essa mudança - que ocorreu sem perdas na qualidade do trabalho e no cumprimento dos prazos. De certa forma, estamos mostrando a todos como a Área de Gestão de Pessoas pode contribuir verdadeiramente para o alcance de resultados das demais áreas.

Ao mesmo tempo, sabemos que desenvolver um trabalho pioneiro exige um alto investimento. Mas, quando esse projeto der certo, estaremos à frente das empresas que ainda não o fizeram. O grande desafio é ter perseverança (e uma boa dose de paciência) diante das eventuais resistências. Temos nossos objetivos bem definidos e estamos com as pessoas certas. Barreiras e obstáculos certamente aparecerão pelo caminho. Para superá-los, basta dar tempo ao tempo e sermos persistentes em nossos propósitos e práticas de gestão. É preciso vivenciar essa atmosfera todos os dias, rever nossos planos de ação, avaliar e aprimorar constantemente nossos indicadores e, principalmente, envolver a equipe nesse processo. Somente assim conseguiremos gerir pessoas - e não apenas recursos humanos.

* O autor é gerente corporativo da Área de Gestão de Pessoas - o antigo departamento de RH - da Ferramentas Gerais

Problemática das Redes Sociais

Por: O Gerente

"Socorro! Meu chefe quer ser meu amigo no facebook" este é um post do Jeremiah Owyang que debate acerca de uma situação corriqueira hoje em dia: As redes sociais se transformaram num local perfeito para conhecer os candidatos e/ou funcionários.

O artigo debate a questão de um amigo dele em que o chefe pediu para ser adicionado no facebook (maior rede social do mundo, em expansão pelo Brasil, mas fortíssima nos EUA) e a resposta do Jeremiah foi muito interessante.

Ele destaca 5 possibilidades de resposta e faz um contraponto com o a posição do chefe.

Divido com vocês as possibilidades e contraponto com a minha opinião.

1. Não faça nada - Apenas ignore o pedido (o facebook não avisará a pessoa nada) e deixe assim mesmo.

2. Negue o pedido - Responda para o chefe dizendo que o facebook é apenas para familiares e amigos. Neste quesito a chance de problemas de relacionamento são grandes.

3. Adicione ele - e corra o risco de ver a tua vida exposta de forma integral. Não é o simples fato de aceitá-lo. É compartilhar com ele tudo que está sendo dividido na rede social.
4. Redirecione para o LinkedIn - exponha que o facebook é apenas para assuntos particulares e dê o seu perfil no linkedin que é para assuntos profissionais. Contudo aqui pode ficar aquela dúvida, se não sou teu amigo sou apenas chefe, o que estás querendo esconder?
5. Usar os recursos de permissão e filtro no Facebook - embora muitos desconheçam, o facebook permite filtros e demonstração de conteúdos específicos para os grupos filtrados.

A melhor alternativa segundo Jeremiah (eu concordo) é a de número 5, ou seja, aceite seu chefe, crie um grupo específico para ele e limite o que pode ser visto.

Aliás, se fizeres assim com todos os grupos que pertence, facilitará ainda mais os relacionamentos, pois os familiares verão assuntos familiares, trabalho de trabalho, etc. Sem bagunça, sem mistura de assuntos, tipo um João te chamando de traidor e Judas que só você e ele sabem da estória engraçada que levou a este apelido, mas um colega de trabalho pode até mesmo deixar de falar contigo se ler algo assim.

..:: E se você é chefe? ::..

Os líderes devem ter uma sensibilidade maior em relação aos funcionários. Devem avaliar bem se a relação que possuem é de trabalho ou amizade, quiçá ambos. O fato de solicitar para serem adicionados é muito mais amplo do que apenas estarem próximos. É um pedido de "estarem conectados" virtualmente, sabendo o que fazem, resultado da balada, etc. Pode ser muito mais do que um colega de trabalho quer e "pode" dizer.

As redes sociais são muito invasivas se não utilizadas corretamente. Devemos ter cuidado, principalmente se estamos na liderança de equipes.

E o que você acha disto?

Seja CEO da sua carreira e, depois, da empresa dos seus sonhos

Por: Carlos Cruz - Portal Administradores

Por isso, o jovem inicia sua carreira com o olhar direcionado para os altos cargos. Dentre eles, o posto de CEO (Chief Executive Officer ou, em português, Diretor Executivo) é o mais desejado. Ao contrário do que muitos pensam as competências e talentos necessários para ocupar um cargo como esses podem ser executados em qualquer etapa da carreira. Na verdade, quanto mais cedo se põe em prática, mais chances o jovem terá de realizar o sonho de um dia assumir a liderança de uma empresa.

Na verdade, poucos sabem o que faz um CEO e alguns até se questionam se ele é uma espécie de “Super Homem” dentro das organizações. Será que é? A resposta é simples: não. Esse profissional é reconhecido por sua capacidade de realização e transformação. Suas competências fazem com que ele consiga trazer melhores resultados para a empresa, tanto no que diz respeito aos lucros como à produtividade. Sua figura inspira os demais membros a trabalharem melhor e alcançarem suas metas de forma concreta e objetiva.
Acredito que antes de atingir esse cargo, o primeiro passo a ser dado é assumir a direção da própria vida, tanto profissional quanto pessoal. O que isso quer dizer? Precisamos assumir a responsabilidade das nossas ações, bem sucedidas ou não, dos nossos acertos e erros; aprender a tomar decisões e sustentá-las. Outras habilidades que precisam ser desenvolvidas para que se alcance o sucesso profissional são as capacidades de liderar e estabelecer metas ambiciosas, porém alcançáveis, para que não se crie frustrações desnecessárias.
Do outro lado do processo, ou seja, para quem já chegou ao cargo de CEO, é imprescindível que se mantenha o espírito jovem somado à voz da maturidade. Assim, esse profissional poderá transformar, aprender e inovar com mais facilidade e consistência. Estudos comprovam que as mudanças que demoravam anos para se concretizar durante as décadas de 80 e 90, hoje acontecem em três e cinco dias.

Dentre as competências mais importantes para um executivo que deseja obter sucesso no mercado, em ordem de importância, segundo uma pesquisa realizada pela PricewaterhouseCoopers, estão: flexibilidade para mudanças, liderança, capacidade de desenvolver pessoas, espírito colaborativo, criatividade, inovação e, por último, visão a longo prazo para antecipar e administrar os riscos para a empresa.

É importante que o jovem fique atento para não colocar o objetivo de se tornar um CEO em primeiro foco para sua carreira, nem com um fim, mas encarar esse fato como uma conseqüência de suas realizações ao longo do tempo. Estar no topo significa que mais responsabilidades serão assumidas, por isso, volto a dizer que é melhor começar pelas responsabilidades da própria carreira.

..:: Algumas ações podem ajudá-lo a ser o CEO do futuro, como ::..

Priorizar atividades que geram resultados – Não perca tempo com atividades que não tragam bons resultados. Conte com o planejamento estratégico para alcançar níveis de excelência ao longo do seu dia-a-dia;

Buscar responsabilidades e assumi-las – Sabe aquele projeto importante que o seu chefe está para começar? Prepare-se e esteja à disposição para colaborar. Para que você possa ser visto, muitas vezes é preciso se expor. Não espere, crie suas próprias oportunidades e lembre-se: quem não é visto não é lembrado;

Inovar e criar – Não realize suas tarefas de maneira automática, ou seja, pense sempre no que pode ser melhorado. Inovação é algo que toda empresa busca e, se você fizer isso também, há grandes chances de criar algo que faça a diferença para sua organização;

Aprender a cada instante – Aproveite todas as oportunidades para aprender algo novo. Acredite que não existem erros e acertos, apenas resultados. A partir deste pensamento, idealize maneiras de aprender com os resultados e ir à busca das suas metas;

Investir em você – Estude, trabalhe seu desenvolvimento pessoal e busque atividades que realmente lhe dão prazer e geram mais impacto positivo nos seus resultados. Para crescer na empresa é preciso crescer internamente, como indivíduo.

Conviver com profissionais experientes; estudar seus comportamentos, a forma como pensam, agem e superaram desafios; a maneira de se comunicar com o restante da equipe; e as estratégias que usam para lidar com as crises pode contribuir significativamente para o jovem “comprimir décadas em dias”. Com isso é possível aprender em pouquíssimo tempo o que seu modelo demorou para aprender em uma vida. Mas, não adianta conhecer e saber o que eles fazem e como fazem se nada for colocado em prática. Por isso, não se esqueça: o segredo está em entrar em ação para descobrir qual será o seu real caminho.

Carlos Cruz atua como Coach Executivo e de Equipes, Conferencista em Desenvolvimento Humano e Diretor da UP TREINAMENTOS & CONSULTORIA.

Os maiores mentirosos conseguem os melhores empregos

Por: Rynaldo Papoy - Blog pessoal

Fale sobre si.

Esta pergunta é quase obrigatória em uma entrevista de emprego e deverá ser muito bem praticada para uma resposta sucinta, direta e, acima de tudo, que valorize o seu perfil profissional.

Resposta verdadeira: "Você quer saber o quê?"

Quais são seus objetivos a curto prazo? E a longo prazo?

Seja específico e tente aproximar, de alguma forma, os seus objetivos aos da própria empresa. Respostas como "ganhar bem" ou "aposentar-se" são totalmente proibidas.

Resposta verdadeira: A curto prazo, tirar meu nome do Serasa. A longo prazo, do cartório.

O que o levou a enviar o seu curriculum a esta empresa?

Aproveite esta deixa para demonstrar que fez o seu "trabalho de casa" e fale sobre a atividade da empresa e a forma como o posicionamento desta a torna uma empresa de elevado interesse para qualquer profissional. Naturalmente, para responder a esta pergunta, é preciso fazer previamente uma pesquisa sobre a empresa. Vá ao site institucional, faça pesquisas usando mecanismos de busca, leia revistas da especialidade e converse com pessoas que trabalham ou já trabalharam lá.

Resposta verdadeira: Mandei meu currículo para 2 mil empresas. Nem sabia que tinha mandado para esta.

Qual foi a decisão mais difícil que tomou até hoje?

O que é pretendido com esta questão, é que os candidatos sejam capazes de identificar uma situação em que tenham sido confrontados com um problema ou dúvida, e que tenham sido capazes de analisar alternativas e consequências e decidir da melhor forma.

Resposta verdadeira: Engravidei minha cunhada. Só tinha 200 reais para pagar o aborto. Enquanto ela berrava dentro do barraco, fiquei do lado de fora rezando para ela não morrer.

O que procura num emprego?

As hipóteses de resposta são várias: desenvolvimento profissional e pessoal, desafios, envolvimento, participação num projeto ou organização de sucesso, contribuição para o sucesso da sua empresa, etc.

Resposta verdadeira: Tá me tirando, filha? Por que um ser humano precisa de um emprego?

Você é capaz de trabalhar sob pressão e com prazos definidos?

Um "não" a esta pergunta pode destruir por completo as suas hipóteses de ser o candidato escolhido, demonstre-se capaz de trabalhar por prazos e dê exemplos de situações vividas em trabalhos anteriores.

Resposta verdadeira: Claro que não. Você é?

Dê-nos um motivo para o escolhermos em vez dos outros candidatos.

Esta é sempre das perguntas mais complicadas mas o que se espera é que o candidato saiba "vender" o seu produto. Isto é, deverá focar-se nas suas capacidades e valorizar o seu perfil como o mais adequado para aquela função e a forma como poderá trazer benefícios e lucros para a empresa.

Resposta verdadeira: Nos primeiros seis meses, eu te dou metade do meu salário.

O que você faz no seu tempo livre?

Seja sincero, mas sobretudo lembre-se que os seus hobbies e ocupações demonstram não só a capacidade de gerir o seu tempo, preocupações com o seu desenvolvimento pessoal e facilidade no relacionamento interpessoal.

Resposta verdadeira: Quando minha mulher não quer transar, o que hoje em dia acontece com certa frequência, fico na frente da tv, vendo qualquer jogo e tomando cerveja. Tenho uma amante também, mas estou sem grana para levá-la no motel e tenho que ficar esperando o marido dela fazer hora extra. Com essa crise, ele não tem feito muito.

Quais são as suas maiores qualidades?

Aponte aquelas características universalmente relacionadas com um bom profissional: proatividade, empenho, responsabilidade, entusiasmo, criatividade, persistência, dedicação, iniciativa, e competência.

Resposta verdadeira: Agora você me pegou. Sei lá, se eu falar isto, você vai escrever na sua ficha: "Metido pra caralho".

E pontos negativos/defeitos?

Naturalmente que a resposta não poderá ser muito negativa, pois serão poucas as hipóteses para um profissional que diga ser desorganizado, desmotivado ou pouco cumpridor dos seus horários.

Assim, o truque é responder partindo daquilo que normalmente é considerado uma qualidade mas agravando-o de forma a parecer um "defeito". Ou seja, exigente demais, perfeccionista, muito auto-crítico, persistente demais, etc.

Resposta verdadeira: Até que enfim uma pergunta inteligente. Sou preguiçoso, sempre chego atrasado, boca suja, solto gases em qualquer lugar, mesmo na frente de clientes, adoro uma fofoca, passo a mão na bunda das colegas, ponho apelidos em todo mundo, trabalho bêbado, sou puxa-saco... chega ou quer saber mais? Posso ficar falando até amanhã.

Que avaliação faz da sua última (ou atual) experiência profissional?

Não se queixe e, em caso algum, critique a empresa e respectivos colaboradores. Diga sempre alguma coisa positiva, ou o ambiente de trabalho ou o produto/serviç o da empresa. Se começar a apontar defeitos ao seu emprego anterior correrá o risco de o entrevistador achar que o mesmo pode acontecer no futuro relativamente aquela empresa.

Resposta verdadeira: Pelo amor de Deus, não desejo aquele trabalho nem para um cachorro.

Até hoje, quais foram as experiências profissionais que lhe deram maior satisfação?

Seja qual for a sua escolha, justifique bem os motivos. Tente mencionar as mais recentes e que sejam mais adequadas aos seus objetivos profissionais.

Resposta verdadeira: Tá me tirando de novo. Desde quando trabalho dá prazer?

Por que foi desligado da última empresa?

Não se apresente como vítima e explore o lado positivo da situação. Seja breve, objetivo e verdadeiro. O entrevitador sempre tem como checar este tipo de resposta. Este também não é o momento para falar mal da empresa ou do antigo chefe.

Resposta verdadeira: Minha situação já estava ruim com os patrões porque mandei meu primeiro chefe tomar no cu. Fui transferido de departamento. Um dia obriguei uma funcionária nova a me fazer um boquete no estoque e esqueci que tinham colocado câmera de segurança naquela merda. Fui mandado embora por justa causa.

10.01.2009

Catho é condenada por furtar currículos de concorrente

Por: Paula Nunes - colaboração para a Folha de S.Paulo

Uma das maiores empresas de recursos humanos e recrutamento profissional do país, a Catho foi condenada a pagar R$ 13.623.950 por furtar currículos da concorrente Gelre.

A determinação para o pagamento da indenização à empresa Gelre foi dada pelo juiz Mário Galbetti, da 33ª Vara Cível de São Paulo, na segunda-feira, 28. Galbetti destacou em sua decisão que "não há como deixar de reconhecer a prática desleal praticada pela Catho".

A empresa pode recorrer da sentença, mas, por intermédio de sua assessoria de imprensa, o grupo limitou-se a informar que não comentará o caso.

De acordo com os termos da decisão judicial, gerentes e funcionários da Catho planejaram a captura de dados do site da Gelre e desenvolveram programas de computador para copiar currículos de sites concorrentes. Além disso, foram encontrados e-mails trocados por colaboradores da Catho em que eles afirmam que o trabalho deles é o de "roubar currículos", afirma a sentença.

A decisão judicial indica ainda que a empresa recompensava com bônus os funcionários que conseguissem capturar mais dados de currículos dos concorrentes e que utilizava o montante total de seu arquivo para fazer propaganda e, com isso, conquistar mais clientes.

Na mesma 33ª Vara Cível da capital paulista, tramita outro processo, similar a este, movido pela empresa de recrutamento Curriculum, também contra a Catho, acusando a empresa de retirar informações de sua base de dados.

Procurada pela Folha, a Curriculum não se manifestou até o fechamento desta edição.
A determinação da Justiça foi baseada em laudo pericial que indicou, no confronto de 3,8 milhões de endereços eletrônicos da Catho com os 449 mil da Gelre, que 272.479 deles eram coincidentes e estavam com indicação de que haviam sido retirados da concorrente.
O valor da indenização por concorrência desleal foi calculado com base no preço mensal de R$ 50 cobrados pela Catho para armazenar currículos em seu sistema.

Para Galbetti, o fato de a empresa ser uma das maiores do setor somente torna seus atos mais reprováveis. A Gelre não se posicionou sobre a decisão.