Translate this blog

Pesquisar este blog

1.26.2009

Errar nem sempre é humano: veja os 5 erros mais comuns de etiqueta profissional

Por: Karin Sato - InfoMoney

Não se vestir adequadamente para cada ocasião; não saber como dar um cartão de visitas; cumprimentar as pessoas de forma equivocada - por exemplo, dar um "tapinha nas costas" do diretor da empresa; usar incorretamente celular, e-mail e telefone; e utilizar palavras incorretas (cometer erros de português ou se utilizar de vícios de linguagem) são os cinco erros mais comuns cometidos pelos profissionais, de acordo com a consultora de etiqueta Ligia Marques.

Para ela, errar é humano, mas, hoje em dia, só não acerta quem não quer, literalmente.

"Atualmente, mais do que nunca, as informações estão muito disponíveis a quem quer que se interesse por elas. Errar em atitudes básicas e simples de se aprender, como as que mencionei, é perfeitamente fácil de evitar, se o profissional perceber que são os pequenos detalhes como esses que realmente fazem a diferença, e que as empresas estão à procura de profissionais com este tipo de conhecimento", explica.

Errar nem sempre é humano


Questionada sobre as consequências da falta de etiqueta no ambiente corporativo, ela responde que "os problemas são muitos, dependendo de onde se erra".

O importante, para Ligia, é o profissional perceber que atitudes e comportamentos errados comprometem não só a si próprio como também a imagem da empresa para a qual trabalha. "Hoje se sabe que 85% das chances de um profissional ter sucesso residem em sua capacidade de relacionamento pessoal, o que, em última análise, se refere à etiqueta no trabalho".

Ela finaliza que ter bom senso e disciplina no dia-a-dia é essencial. "Não dá para dar tapinha nas costas de seu possível chefe ou potencial cliente no primeiro encontro. Nessas situações, a formalidade surge como única e ideal opção".
Postar um comentário